Mês: julho 2015

Chá de boldo: contra-indicações e efeitos colaterais

Postado em

boldo-do-chileBoldo é um arbusto encontrado em regiões andinas do Chile e do Peru, e também é nativa de uma parte de Marrocos. O Boldo do Chile foi empregado na medicina popular chilena e peruana e é reconhecida como um remédio herbal para possível tratamento de doenças do fígado.

A Boldina,  um dos principais constituintes alcalóides encontrados nas folhas e casca da árvore de boldo do chile, tem demonstrado possuir atividade antioxidante e anti-inflamatórias. O boldo do chile foi aprovado por uma comissão Européia para o tratamento de problemas leve no estômago e  gastrintestinais, além de ser mundialmente conhecido por sua eficácia em tratamentos hepáticos.

 

Benefícios
• Anti-helmíntico (contra vermes);
• Anticoagulante;
• Anti-inflamatória;
• Antioxidante;
• Antitérmicos (redutor de febre);
• Estimulante do apetite;
• Aumento do fluxo biliar;
• Ação contra cistite;
• Digestivo;
• Diurético.

CONTRA INDICAÇÃO E EFEITOS COLATERAIS
boldo

1 – Efeitos secundários do boldo sobre a fertilidade masculina: não foi comprovado que o consumo de infusões de boldo afete os espermatozoides, nem que seus princípios ativos incidam sobre o funcionamento da sua glândula tireoide.
Não obstante, o abuso de boldo pode causar toxicidade, afetando tanto estes como outros órgãos.

2 – Contraindicações do boldo na gravidez e na lactância: em qualquer caso, como ocorre com outras plantas medicinais, o boldo está contraindicado durante a gravidez e o aleitamento. Quando há um alto consumo desta infusão, se demonstrou que pode ser abortiva.

3 – Efeito do boldo nas crianças pequenas: outro tanto aplica às crianças pequenas.

4 – Contraindicação do boldo no caso de obstrução das vias biliares: apesar de facilitar tanto o funcionamento da vesícula como do fígado, em caso de obstrução das vias biliares, evite consumir infusões de boldo, já que estimulam a secreção de bílis, o que poderia agravar seu quadro obstrutivo.

5 – Efeitos adversos do abuso de infusões de boldo: devido a que contém alcaloides, você evitará riscos no seu consumo, se você se limitar às doses máximas recomendadas. Em tratamentos, não exceder a duas dozes do chá.

6 – Efeitos tóxicos do boldo em infusão: em qualquer caso, a toxicidade do boldo se deriva do seu conteúdo em boldina, um alcaloide que em grandes concentrações pode ter poderosos efeitos neurolépticos.

7 – Pode ocasionar efeitos laxantes fortes: quando você tenha diarreia em um quadro por intoxicação alimentar, evite consumir muitas infusões de boldo para não ativar sua propriedade colerética.

8 – Não é recomendável seu consumo se você sofrer de insuficiência renal: foi possível constatar que em algumas ocasiões, esta infusão causa irritação nos rins e no aparelho genito-urinário.

9 – Evite consumir esta infusão se tomar medicamentos anticoagulantes: seu alto conteúdo de cumarinas faz que não seja recomendável já que aumenta o risco de sofrer hemorragias.
Em qualquer caso, não se recomenda realizar tratamentos com boldo por mais de quatro semanas. Sabia?

Eu te convido a que veja este vídeo para que tire toda as suas dúvidas sobre as propriedades, preparação e consumo das infusões de boldo:

Anúncios

Propriedades do Tomilho ajudam contra depressão – MTC

Postado em Atualizado em

tomilho-limão-3De origem europeia o tomilho  é um subarbusto aromático da família das labiadas, muito usado na culinária e na medicina natural. As propriedades  dessa planta são várias e o tomilho ainda é utilizado na indústria de perfumaria, em especial no fabrico de sabonetes, visto que seu cheiro é muito agradável. Antibiótico natural, o tomilho também ajuda na digestão, descontração muscular, acalmando o sistema nervoso e até mesmo contribuindo com benefícios para casos de estresse e depressão.

Curiosidades sobre o tomilho

tomilho 2No Antigo Egito, o tomilho foi utilizado para embalsamar as múmias.
Os gregos se perfumavam com essa planta, de acordo com uma lenda local.
Na Idade Média, uma santa chamada Hildegarda recomendava o tomilho para o tratamento de piolhos, paralisia e até mesmo a lepra.
No século XVII havia quem afirmasse que a planta dava um fim na melancolia e evitava noites atormentadas por pesadelos.
Uma lenda conta que a manjedoura do Menino Jesus foi feita com ramos de tomilho colhidos nos campos de Belém.
As propriedades do tomilho
É antioxidante, antisséptico e antidepressivo;
Contém aroma agradável que serve como desodorante e desinfetante;
É diurético, tônico e pode servir para cólicas, diarreias, azia e má digestão;
Doenças no sistema respiratório são tratadas, como a bronquite, catarro, aftas, tosses, dores de garganta e outras inflamações na boca;
Ajuda no combate à gripe e à anemia;
Diminui consideravelmente o corrimento vaginal;
Fortalece os cabelos, evitando a queda;
Elimina a acne e clareia suas manchas;

Cuidado!
“O uso do tomilho não é indicado para as pessoas com casos de insuficiência cardíaca, gastrite, úlceras e problemas semelhantes. Gestantes e lactantes devem evitar o consumo, pois pode causar convulsões, toxidade no fígado, albuminúria e hematúria. Evite ingerir o tomilho por tempo prolongado”.

Receita – Chá de tomilho

tomilho cháEm um recipiente, que não seja de plástico ou metal, coloque um ramo pequeno do tomilho e coloque um litro de água fervente por cima. Deixe em infusão por uma hora, coe e beba. Em casos de gripe, prefira beber o chá bem quente, principalmente se as vias respiratórias estiverem obstruídas, neste caso inspire o vapor do chá também. Pode adoçar a infusão com uma colher de chá de mel.
Francisco Oliveira
Outra informação sobre o medicamento
As folhas secas são apreciadas por alguns fumadores de cachimbo.
Francisco Oliveira
Terapeuta: Medicina Tradicional Chinesa
Formado pela: Universidade de Santiago de Compustela – Espanha
Contato – 351 968 819 659
Lisboa – Portugal

Abrunho em Medicina Tradicional Chinesa – MTC

Postado em

 

Abrunho grO abrunheiro-bravo é conhecido desde a antiguidade como planta medicinal e alimentar. Foram mesmo encontrados caroços de abrunhos nas ruínas de algumas cidades.
    
O que é

O abrunheiro é uma árvore inerme, da família das rosáceas, que produz frutos pendentes e doces. Os abrunheiros-bravos formam, a partir de Março, nas falésias marítimas, magníficas moitas, cor de neve, repletas de ninhos de aves.

abrunheiro-bravofr
São plantas rústicas e invasoras, e podem, se não forem controladas, anexar vastíssimas áreas.
Tal como o framboeseiro-bravo, o tempo de vida do abrunheiro-bravo é aproximadamente igual ao do homem. Os abrunhos, pequenas drupas redondas e azul-escuras, quando maduras,

Propriedades
Os principais componentes são: tanino, heterósidos, ciano genéticos, vitamina C. Possui propriedades adstringentes, diuréticas, laxativas, sudoríferas e tónicas.

Em que situações deve ser utilizado
Pode ser utilizado em casos de acne, afeções da boca, problemas de crescimento, fadiga, furúnculos e pode ser utilizado como cura de Primavera. Os frutos secos são usados contra as afeções da bexiga e das vias urinárias, assim como em caso de perturbações digestivas.

Como se utiliza
As partes utilizadas são frutos, flores e folhas. Os abrunhos são colhidos, perfeitamente maduros, após as primeiras geadas para que moderem o seu gosto áspero quando verdes. Deles são feitas geleias ou marmeladas, licores, sumos, xaropes, vinho de abrunhos e aguardentes.
Também podem ser secos. As flores devem ser colhidas em botão, e posteriormente secas em camadas finas para evitar que escureçam ou que se desfaçam.

Modo e quantidade de administração
 Para facilitar o crescimento durante a puberdade: coloque 50 g de abrunhos num litro de água, deixe ferver durante 5 minutos. Deixe arrefecer um pouco e beba uma vez por dia durante 5 dias.
 Para a acne: coloque 50 g de flores de abrunheiro-bravo num litro de água a ferver, apague o lume e deixe infundir durante 10 minutos. Beba duas chávenas por dia, uma de manhã e outra à noite.
Tisana diurética: prepare uma infusão na proporção de duas colheres de café de flores secas para uma chávena de água. Tome uma a duas vezes por dia. Esta tisana favorece, ao mesmo tempo, as trocas metabólicas e exerce um ligeiro efeito laxante.

Perigos durante a gravidez e a amamentação
Para gestantes ou não a administração de abrunheiro-bravo, seja sob que forma for, deve ser feita com precaução, sobretudo em casos de diarreia. Doses elevadas podem provocar vertigens e dores de cabeça.

Como se conserva
As flores podem ser secas e conservadas em sacos de pano. Os frutos podem ser consumidos frescos e ao natural ou secos.

Classificação na medicina tradicional chinesa
É de natureza ligeiramente quente e de sabor doce e amargo.

Meridianos onde atua
Pulmão, Fígado e Intestino grosso.

Nomes vulgares
Abrunheiro-bravo.

Nome botânico
Prunus spinosa L.

Outra informação sobre o medicamento
As folhas secas são apreciadas por alguns fumadores de cachimbo.
Francisco Oliveira
351 968 819 659
Lisboa – Portugal

Fonte
“Segredos e virtudes das plantas medicinais” – Pierre Devaleau – Selecções do Reader’s Digest.

Medicina Tradicional Chinesa – Stress

Postado em

capa-coqueiro--no-stress-0437O ritmo agitado, principalmente da vida citadina, condiciona-nos por vezes a seguir condutas que desgastam as nossas energias além dos seus limites e, mais cedo ou mais tarde, o organismo entra em stress.

Se não consegue evitar o stress, pode ajudar-se a si próprio, arranjando alternativas que o ajudem a reagir melhor quando a vida constitui um desafio. A melhor maneira de auxiliar o seu corpo, a combater as agressões externas, é alimentando-o e mimando-o convenientemente.

Como?

Procure certificar-se que as refeições que faz são adequadas e saudáveis. Tente fazê-las a horas certas, não “saltando” refeições, nem comendo muito para o fim da tarde e noite.

alimentação
Há que apostar na qualidade dos alimentos que ingere. Faça refeições com bastantes vegetais e frutos ricos em vitaminas e sem aditivos artificiais (pode substitui-los por ervas para dar sabor, além de qualidade).

Uma dieta equilibrada inclui o cumprimento de certas normas, assim a percentagem de cada alimento na nossa refeição deve ser:

Vegetais e frutas: 40 a 60%.
Cereais: 30 a 40%.
Feijões, produtos lácteos, carnes, peixe e nozes: 10 a 20%.
Tente reduzir as substâncias estimulantes como o café, o chá, o álcool e os refrigerantes. Beba água ou tisanas.

Se o seu apetite estiver alterado e o corpo apresentar sinais óbvios de cansaço, sugerimos-lhe de seguida algumas receitas, que o ajudarão a sentir-se melhor.

 Infusões para o stress

Deite 10 g de cada uma das plantas referidas (escolhendo uma de entre o grupo: escutelária, betónica ou verbena) num bule. Cubra com água a ferver e deixe 10 minutos em infusão. Coe e beba uma chávena morna 3 vezes por dia.

Outras infusões simples, com uma ou duas plantas, produzem acalmia e relaxamento. A alfazema e o lúpulo diminuem a tensão e promovem um sono revigorante e relaxante. A camomila ajuda a relaxar a função digestiva.

Outros conselhos

Para ajudar o seu corpo e mente a descansar e alcançar um estado harmonioso, procure fazer exercícios que produzam tal efeito. A prática regular de chikung ajuda a exercitar o corpo, não o desgastando, e ajuda a revigorar a mente. Outro efeito benéfico é o fortalecimento do corpo e a correcta circulação da energia, que o protege das agressões a que está sujeito.

Portanto, se quer obter saúde e “passar ao lado” do stress da vida diária, alimente-se bem, permita ao seu corpo descansar e refazer as energias para enfrentar outro e outro dia!

Passe bem e mime-se!

Autor

Ana Rita Lopes, ESMTC.