TAO ensinamentos antigos

Como antigos ensinamentos taoistas podem ajudar a manifestar perfeição e equilíbrio? Conheça Lao Tzu

Postado em

ensinamentos TAO

“No centro do seu Ser você tem a resposta,
você sabe quem é e sabe o que o que quer!”
Lao Tzu

Você conhece Lao Tzu?

Poucos conhecem o filósofo chinês Lao Tzu, também conhecido como Lao Tse ou Laozi, cujo significado literal é “velho mestre”.
Lao Tzu

Lao Tzu viveu no século 6 aC, na mesma época de Confúcio e é considerado o pai espiritual dos chineses.

Seus ensinamentos são seguidos na tradição taoísta, através do no único livro que Lao Tzu escreveu, cujo nome é “Tao te Ching”, comumente traduzido como “Livro do Caminho e da Virtude”.

O livro “Tao te Ching” baseia-se no Tao (Caminho), que é o Criador e sustentador de todas as coisas no Universo.

Todos os ensinamentos deste livro de Lao Tzu são instruções e orientações ao discípulo que opta por unir-se com o Tao.

Incrivelmente, os ensinamentos deixados por Lao Tzu há mais de dois mil e seiscentos anos são ainda uma conquista a ser feita por toda a Humanidade e podem ser usados como uma direção a todos os que desejam descobrir maneiras de manifestar o equilíbrio e a harmonia em sua vida pessoal.

O Universo é um organismo vivo, segundo o “Tao Te Ching”

No “Tao Te Ching“, aprendemos:

Tudo nasce do vazio indiferenciado, imensurável, insondável, que nunca pode ser exaurido.

O Tao se move em torno de si mesmo, sem parar.

Deste “Tao sem nome” (que não existe), nasce o que existe (e tem nome): o Caminho (Tao).

É com o aparecimento dos nomes, todas as coisas e o Um se transforma em muitos.

O universo é como um organismo vivo resultante da expansão vitalizada do Tao (a ordem natural, a providência).

O que é o Tao?

O Tao não tem personalidade.

O que vitaliza o Universo são dois princípios ou substâncias que, combinados, são o Tao: o yang (luz, calor, criativo, masculino), que existe especialmente concentrado no Céu – e o yin (sombra, frio, receptivo, feminino), que existe especialmente concentrado na Terra.

O Tao manifesta-se continuamente no fluxo e refluxo constante das forças yin-yang, sempre em harmonia e equilíbrio entre si, atuando em todas as coisas que existem e que foram criadas pela sua atividade.

Em outras palavras, Tao é a manifestação do equilíbrio entre Céu e Terra, entre Luz e sombra, entre masculino e feminino e etc.

Princípio da não-ação: conquiste da Perfeita Ordem Divina

A Virtude (Te) é a manifestação do Tao, através do chamado “agir não agindo”.

A não-ação proposta no Tao Te Ching nada mais é que “o seguir o fluxo” das forças combinadas do Universo, trazendo o movimento do Tao para sua própria vida sem interferir na harmonia e no Perfeito Equilíbrio do Tao.

Lao Tzu nos diz que o Equilíbrio, a Perfeição e a Harmonia são naturais e os mesmos devem se manifestar na vida de todos os Seres Humanos. Porém, para que isso aconteça, há que colocar-se em harmonia com os princípios do Tao e, através da não-ação, permitir que as forças do Universo atuem e expressem a beleza do Criador.

E este é o modo de caminhar que Lao Tzu sugere a todo discípulo: soltura e movimento, assim como também soltura no movimento, entregando-se à Perfeita Ordem das forças do Tao.

Em outras palavras, os ensinamentos do livro “Tao Te Ching” nos diz que tudo está sempre em Perfeita Ordem Divina e se você deixar os movimentos naturais do Tao acontecer, sem apegar-se a nenhum estado e sem direcionar com seu ego, você trará para sua vida os movimentos equilibrados do próprio Tao.

O Caminho do Tao é o caminho de volta ao estado de Graça e Harmonia com o Tao.

Dissolver o ego, sair do controle e aprender a confiar: siga o Tao

E nós não estamos acostumados a nos soltar ao fluxo natural do Universo, não é mesmo?

Somos munidos de um ego controlador que nos diz que temos que o tempo todo fazendo alguma coisa, em estado de alerta, sem ouvir a voz interna e sem perceber para onde nos levam os movimentos naturais do Universo.

Temos que aprender a confiar na positividade das Leis do Universo, nos conscientizando de que tudo de bom já está intrínseco em nós e no próprio Universo.

Como costumo dizer, tudo sempre está dentro da Perfeita Ordem Divina, mesmo que não pareçam estar!

Grandes são os nossos desafios, porém se conquistarmos a Virtude da entrega, estaremos fluindo em comunhão com o Tao!

Tania Resende

Anúncios