TEORIA JING LUO

TEORIA JING LUO.

Postado em

Definição de termos:

Mai:
Todo o tipo de canal ou vaso. Indica o sistema de vias pelo qual as substâncias, principalmente Qi e Xue, são distribuídas pelo corpo.

Jing:
Canais, Meridianos. Significa “ir através de”, refere-se à rede de vias de energia

Luo:
colaterais, ramificações. Significa “unir, atar”, são os vasos secundários que vêm do meridianos principal e forma uma rede que cobre o corpo todo.

Jing Luo:
Meridianos/Canais e Ramificações/Colaterais: sistema de comunicação que permite a circulação de Qi e Xue em todo organismo
Introdução:

Meridianos (Canais, jing) e Colaterais (Ramificações, Luo) são trajetos por onde circulam o Qi e Xue interconectando os Zang-Fu e demais estruturas do corpo.

Existe uma troca de energia e de matérias entre o corpo e o ambiente externo: envolvimento do Sistema Zang-Fu e Sistema Jing-Luo

Nos meridianos localizam-se os pontos de acupuntura, estruturas tridimensionais, situadas anatomicamente entre pele, músculos, nervos, vasos, tendões, ossos e ligamentos.

Canais + pontos = Sistema Jing Luo (Sistema Meridiano-Colateral)
Descobrimento dos Canais e Transmissão da Sensação da Agulha:

“De Qi” : sensação de agulhamento, possíveis reações de sensibilidade, dormência, peso, distensão, vermelhidão…

Jing Luo foram descobertos pela prática clínica chinesa no decorrer dos séculos.

Divergência entre descoberta inicial dos pontos ou dos canais
Teoria para descoberta dos Canais:

a intensidade do “De Qi” em um ponto estimulado poderia variar de um indivíduo para outro, mas sempre irradiava no mesmo sentido

A sensação de “De Qi” nem sempre percorria todo o canal, mas sim pequenos trechos. Assim, novos pontos foram descobertos, com função terapêutica semelhante, e ao traçar linhas entre eles foi-se delimitando os meridianos.
Funções dos Jing Luo:

Papel de comunicação entre superfície e profundidade, alto e baixo, zang e fu.

Permitem a circulação de Qi e Xue, assim como a manutenção e nutrição dos tecidos corporais.

Permitem a transmissão de informações, de impulsos e estímulos entre todas as partes do organismo, mantendo o equilíbrio orgânico geral.

Asseguram a regulação dos excessos e das deficiências, por um efeito de compensação mútua.

4
HORÁRIO DE MÁXIMA ENERGIA DOS MERIDIANOS
O dia, manifestação yang, será o período yang do homem, em que começará suas atividades. Período apropriado para o trabalho. Tem que iniciar com uma grande carga de energia Rong. O momento para começar a atividade será o espaço entre 3:00h até 7h, período onde o Pulmão e o Intestino Grosso estão em plenitude. Será o momento de aspirar profundamente as energias cósmicas, de adquirir o Thin cósmico. Será também o momento para evacuação dos restos alimentares. Em resumo, o momento de iniciar as atividades, de preparar para o dia. Para isso, precisa também do Thin Telúrico, que dará energia necessária. Assim, o TA médio (Estômago e Baço Pâncreas), origem da energia dos alimentos, se prepararm e entram em plenitude (7h às 9h o Estômago e das 9h às 11h o Baço Pâncreas), afim de aproveitar ao máximo o aporte alimentar. Será o momento ideal para a ingesta de alimentos, onde o Estômago em plenitude de funcionamento, separa a energia da matéria, aproveitando ao máximo o componente energético. É também o momento em que o Baço Pâncreas tomará este aporte e enviará ao Pulmão (mestre da energia), formando uma energia nutrícia (Rong) para o desenvolvimento das atividades. Esta energia deve se extender até a última célula do organismo, impulsionando o sangue. Portanto, o coração estará em plenitude das 11h às 13h. Às 12h o Coração está em máxima atividade, assim como o sol. É o momento de máxima atividade, de máxima energia. O Intestino Delgado estará em sua máxima atividade logo depois, afim de absorver a maior quantidade de líquido impuro ou matéria que o Estômago provir. A Bexiga e o Rim entram em atividade posteriormente (15h às 17h a Bexiga e 17h às 19h o Rim). É o momento de declive, de final de atividade, o momento em que as energias não utilizadas retornam ao seu armazém energético: o Rim. O momento em que começa o período yin, o entardecer (a água começa a neutralizar o fogo). O momento em que as energias, uma vez passado pelo período de ação, retornam para iniciar o período de descanso e preparar a plenitude do Pericárdio. O Pericárdio se ativa das 19h às 21h. É o final do dia, momento de meditação, hora da sublimação, da atividade psico-afetiva. Depois entra em máxima atividade o Triplo Aquecedor, conceito que abrangerá a atividade restauradora e formadora de energia. O momento em que o homem, em seu período de descanso, é supervisionado em seu três níveis pelo Triplo Aquecedor, o qual repassará toda sua função energética, tanto cardiorrespiratória (TA superior), como digestiva (TA médio), como genito-urinária (TA inferior). É em nível da Vesíula Biliar e Fígado onde se depositam as diferentes purificações realizadas ao longo do dia. É o último estágio onde são metabolizadas para serem levadas durante o sono em nível das pálpebras em forma de wei. É o momento de reposição muscular onde a energia do Fígado e Vesícula Biliar restabelecem esta função, preparando o sistema para nova atividade. Período de total relaxamento e descanso, onde o Hun ativa a imaginação dos sonhos. As 12 unidades energéticas respondem, pois, a uma ordem cíclica e regular, segundo a qual a energia passará de uma para outra, nas 24h do dia conforme o seguinte horário:
P – 03h às 05h IG – 05h às 07h E _ 07h às 09h BP_ 09h às 11h C – 11h às 13h ID –13h às 15h

5
P R  OF  U N D I  D A D E
B – 15h às 17h R – 17h às 19h CS–19h às 21h TA – 21h às 23h VB –23h a 01h F- 01h às 03h

Toda síndrome de plenitude de um órgão ou víscera irá piorar no momento de sua máxima energia.

Toda síndrome de vazio irá melhorar nesse momento.
Nível Energético / Canais Antigos:

Os canais yin e yang superiores se conectam com os canais yin e yang inferiores, respectivamente, formando as 6 grandes vias energéticas ( canais antigos de energia). canais yin yang

MÃO……………..PÉ………………………………………………… NOME DO CANAL.

ID—————– B———————————————– TAY YANG

TA————–  VB ———————————————- SHAO YANG                    FU (YANG)

IG————–   E ———————————————– YANG MING

———————————————————————————————————————–PROFUNDIDADE

P ————–   BP ———————————————  TAY YIN

CS ————-    F ———————————————-  JUE YIN                        ZANG (YIN)

C —————   R ———————————————   SHAO YIN

Medidas de Localização de Pontos:

Existem vários métodos de localização de pontos de acupuntura (relação anatômica, aparelhos elétricos…), o mais utilizado é a medida de “Tsun” ou “Cun”.

Deve-se observar a medida do paciente!!! O Comprimento e largura dos dedos do paciente são tomados como padrão para a localização de pontos Assim: 1 polegar = 1 tsun 3 dedos = 2 tsun 4 dedos = 3 tsun 5 dedos = 4 tsun

Anúncios