aumento fluxo biliar

Chá de boldo: contra-indicações e efeitos colaterais

Postado em

boldo-do-chileBoldo é um arbusto encontrado em regiões andinas do Chile e do Peru, e também é nativa de uma parte de Marrocos. O Boldo do Chile foi empregado na medicina popular chilena e peruana e é reconhecida como um remédio herbal para possível tratamento de doenças do fígado.

A Boldina,  um dos principais constituintes alcalóides encontrados nas folhas e casca da árvore de boldo do chile, tem demonstrado possuir atividade antioxidante e anti-inflamatórias. O boldo do chile foi aprovado por uma comissão Européia para o tratamento de problemas leve no estômago e  gastrintestinais, além de ser mundialmente conhecido por sua eficácia em tratamentos hepáticos.

 

Benefícios
• Anti-helmíntico (contra vermes);
• Anticoagulante;
• Anti-inflamatória;
• Antioxidante;
• Antitérmicos (redutor de febre);
• Estimulante do apetite;
• Aumento do fluxo biliar;
• Ação contra cistite;
• Digestivo;
• Diurético.

CONTRA INDICAÇÃO E EFEITOS COLATERAIS
boldo

1 – Efeitos secundários do boldo sobre a fertilidade masculina: não foi comprovado que o consumo de infusões de boldo afete os espermatozoides, nem que seus princípios ativos incidam sobre o funcionamento da sua glândula tireoide.
Não obstante, o abuso de boldo pode causar toxicidade, afetando tanto estes como outros órgãos.

2 – Contraindicações do boldo na gravidez e na lactância: em qualquer caso, como ocorre com outras plantas medicinais, o boldo está contraindicado durante a gravidez e o aleitamento. Quando há um alto consumo desta infusão, se demonstrou que pode ser abortiva.

3 – Efeito do boldo nas crianças pequenas: outro tanto aplica às crianças pequenas.

4 – Contraindicação do boldo no caso de obstrução das vias biliares: apesar de facilitar tanto o funcionamento da vesícula como do fígado, em caso de obstrução das vias biliares, evite consumir infusões de boldo, já que estimulam a secreção de bílis, o que poderia agravar seu quadro obstrutivo.

5 – Efeitos adversos do abuso de infusões de boldo: devido a que contém alcaloides, você evitará riscos no seu consumo, se você se limitar às doses máximas recomendadas. Em tratamentos, não exceder a duas dozes do chá.

6 – Efeitos tóxicos do boldo em infusão: em qualquer caso, a toxicidade do boldo se deriva do seu conteúdo em boldina, um alcaloide que em grandes concentrações pode ter poderosos efeitos neurolépticos.

7 – Pode ocasionar efeitos laxantes fortes: quando você tenha diarreia em um quadro por intoxicação alimentar, evite consumir muitas infusões de boldo para não ativar sua propriedade colerética.

8 – Não é recomendável seu consumo se você sofrer de insuficiência renal: foi possível constatar que em algumas ocasiões, esta infusão causa irritação nos rins e no aparelho genito-urinário.

9 – Evite consumir esta infusão se tomar medicamentos anticoagulantes: seu alto conteúdo de cumarinas faz que não seja recomendável já que aumenta o risco de sofrer hemorragias.
Em qualquer caso, não se recomenda realizar tratamentos com boldo por mais de quatro semanas. Sabia?

Eu te convido a que veja este vídeo para que tire toda as suas dúvidas sobre as propriedades, preparação e consumo das infusões de boldo:

Anúncios