coração

Insónia – Distúrbio do Sono 

Postado em

Será que sofre de Insónia?

INSONIAAAFG

Considera-se que uma pessoa sofre de insónia quando regular e continuadamente ocorre uma, basta uma, das situações:
Demasiado tempo para adormecer
Dificuldade em dormir a noite toda
Sonhos e pesadelos nocturnos
Necessidade de levantar a meio da noite
Afectando cerca de 20% da população nos países ocidentais a incidência da insónia é mais expressiva em ambientes urbanos em pessoas do sexo feminino e em idosos.

Não sendo uma doença em si, a insónia é antes uma condição que resulta de factores múltiplos, pelo que a cura deve incidir na eliminação das causas.

Problemas associados à insónia

Stress, ansiedade e depressão
Adolescência ou envelhecimento
Cafeína, nicotina e álcool
Alguns medicamentos
Dores, problemas respiratórios e digestivos.
Hábitos de sono irregulares
Insónia e Medicina Chinesa
Para além do repouso físico e psíquico que o sono proporciona, enquanto dormimos ocorrem processos metabólicos essenciais que contribuem para o crescimento harmonioso do organismo (crianças e adolescentes), para o equilíbrio energético necessário a uma vida saudável e para o desenvolvimento da intuição e criatividade da mente.

A mais antiga literatura de Medicina Chinesa, o Tratado de Medicina Interna do Imperador  Amarelo, 3.000 anos A.C refere já influência de cada tipo de desarmonia, excesso de yin ou de yang, na qualidade do sono e na forma como se manifesta a insónia.

Segundo a Medicina Chinesa, os casos de insónia estão associados a distúrbios energéticos no coração e no fígado.

16716407_5UTnz

A energia yin do fígado está ligada às emoções e à nossa atitude perante o mundo, pelo que o stress ou perturbações emocionais afectam a qualidade do sono e provocam insónia.

A energia yang do coração, ligada à razão, quando em excesso entra em conflito com o fígado, perturbando o equilíbrio necessário ao sono.

Cansaço, preocupações e stress podem prejudicar o baço e o pâncreas causando deficiência do sangue e consequente insónia.

Alimentação irregular ou excessiva debilita o baço e provoca humidade e calor no estômago que sobe, perturbando a mente.

Tratamento da Insónia com a Medicina Chinesa

Antes de iniciar o tratamento da insónia o Especialista em Medicina Chinesa efectua um rigoroso diagnóstico energético utilizando técnicas específicas que passam pela interpretação de sintomas, de aparências e de sinais subtis do corpo.

Os métodos mais utilizados pelo Especialista em Medicina Chinesa no tratamento da insónia são a acupunctura, fitoterapia e a dietética.

INSONIA_11476_15982

No tratamento da insónia, o número de sessões é variável, dependendo da gravidade dos sintomas e da resposta do organismo ao programa terapêutico.

Existem inúmeros casos clínicos de sucesso no tratamento da insónia com importantes benefícios para a qualidade de vida dos pacientes.

Vantagens da Medicina Chinesa no tratamento da insónia:

Sem químicos
Sem efeitos secundários
Sem ansiedade, sem stress
Efeitos permanentes
Liberte-se da Insónia sem químicos, sem efeitos secundários.

Anúncios

Meridiano do Coração – Medicina Tradicional Chinesa (MTC)

Postado em

Meridiano Coração
1. Jiquan (C1)

Localização: no centro da fossa axilar, no lado medial da artéria axilar.

Aplicação: agulhar, perpendicularmente, 0,3-0,5 tsun; evitar a artéria; moxa, 20 minutos.

Indicações: dor no braço, ombro e peito; dor no coração; nevralgia intercostal; mau cheiro na axila.

2. Chingling (C2)

Localização: 3 tsun acima do cotovelo, na borda medial do músculo bíceps do braço.

Aplicação: agulhar, perpendicularmente, 0,3-0,5 tsun, evitar a artéria; moxa, 10 minutos.

Indicações: dor de cabeça frontal; icterícia e frieza do corpo; nevralgia espasmo do braço.

3. Shaohai (C3): ponto Ho pertence ao elemento Água; ponto de Mãe

Localização: no lado radial do epicôndilo medial do úmero, acima do ponto inicial do músculo pronador e do músculo flexor do antebraço.

Aplicação: agulhar, perpendicularmente, 0,3-0,5 tsun; moxa, 5-10 minutos.

Indicações: dor de dentes; dor de cabeça; dor na nuca e antebraço; nevralgia intercostal; torcicolo; zumbido; furunculose; tremor nos braços.

4. Lingdao (C4): ponto Jing pertence ao elemento Metal

Localização: no lado ventral e medial do antebraço, no lado do músculo flexor carpal e 1,5 tsun acima da linha do punho.

Aplicação: agulhar, perpendicularmente, 0,3 tsun; moxa, 10 minutos.

Indicações: angina pectoris; dor nos braços no lado ulnar; histeria; edema ou paralisia das cordas vocais.

5. Tungli (C5): ponto Lo

Localização: no lado ventral e ulnar do antebraço, no lado ulnar do tendão do músculo flexor carpal ulnar; 1 tsun acima do punho.

Aplicação: agulhar 0,3 tsun; moxa, 10-15 minutos.

Indicações: dor de cabeça e tontura; palpitação; voz rouca; dor de garganta; rigidez da língua; insônia ou sonolência; preguiça; dor no punho.

6. Yinxi (C6) ponto Xi

Localização: no lado ulnar do punho, no lado radial do tendão do músculo flexor carpal ulnar; 0,5 tsun acima do ponto Shenmen (C7).

Aplicação: agulhar, perpendicularmente, 0,2-0,4 tsun; moxa, 10 minutos.

Indicações: tontura; palpitação; paroxismo da taquicardia; epistaxe; amigdalite; dor de garganta; neurastenia; angina pectoris; soluço; transpiração à noite; histeria.

7. Shenmen (C7): ponto Shu pertence ao elemento Terra; ponto de Filho

Localização: no lado ulnar do punho, no lado radial do tendão do músculo flexor carpal ulnar, atrás do osso pisiforme.

Aplicação: agulhar, perpendicularmente, 0,1-0,3 tsun; moxa, 15 minutos.

Indicações: angina pectoris; neurastenia; psiconeurose; ansiedade; palpitação; dor de cabeça e tontura; epilepsia; insônia; icterícia; dor na axila; dor na garganta; dor no punho.

8. Shaofu (C8): ponto Ying pertence ao elemento Fogo

Localização: na palma, entre o quarto e o quinto metacarpos, atrás das juntas metacarpo-falangianas.

Aplicação: agulhar, perpendicularmente, 0,2-0,5 tsun; moxa, 10 minutos.

Indicações: qualquer problema do coração; palpitação; angina pectoris; diurese; enurese; dor no lado ulnar do antebraço.

9. Shaochong (C9): ponto Jin pertence ao elemento Madeira

Localização: no lado radial do dedinho; 0,1 tsun no canto radial da unha.

Aplicação: agulhar 0,1 tsun.

Indicações: palpitação; dor no peito; dor de garganta; apoplexia; coma.