dores

Sofre com dor nas articulações? Coloque sua mão nesse remédio natural e se surpreenda com o resultado

Postado em Atualizado em

Sempre que temos dor nas costas, nos joelhos e nas articulações nossa produtividade cai e fica difícil executar as tarefas do dia a dia.

Algumas pessoas padecem de dores crônicas e podem até desenvolver uma artrite.

dores nas articulações

A artrite é uma inflamação das articulações.

Você sabia que existem diferentes formas de artrite?

Porém a artrite pode afetar qualquer área do corpo, do pescoço até os pés.

Se você sofre de artrite ou dor nas articulações, mais cedo ou mais tarde descobrirá que os medicamentos convencionais proporcionam muito pouco alívio.

Uma das melhores maneiras de aliviar a dor articular e os sintomas da artrite é fazendo algumas transformações no estilo de vida, incluindo mudanças nos hábitos alimentares.

Além disso, você pode usar medicamentos caseiros e naturais. E um dos melhores para tratar artrite e dor nas articulações é o vinagre de maçã.

Se você sentir dor nos joelhos, nas mãos, nos pés, cotovelos, quadris e qualquer outra parte do corpo, pode ter certeza: o vinagre de maçã vai ajudar a reduzir a inflamação e consequentemente fará a dor ir embora.

Uma das melhores maneiras de usar o vinagre de maçã para aliviar a dor articular/artrite, nas articulações é preparar um banho com ele.

Misture uma xícara de vinagre de maçã com seis xícaras de água morna. Em seguida, mergulhe as mãos ou os pés nessa água.

Se a dor for no pescoço ou em outra parte, você pode mergulhar um pano na mistura e colocá-lo na região dolorida.

Faça isso 2 ou 3 vezes por semana.

Outra forma é massagear a área afetada com 2 colheres (sopa) de vinagre de maçã e 1 colher (sopa) do óleo escolhido.

Misture bem os dois ingredientes e aplique nas áreas afetadas, deixando agir por algum tempo. Depois, remova com água.

O vinagre de maçã também pode ser consumido (com alimentos) para ajudar a prevenir a artrite. Neste caso misture 2 colheres (sopa) de vinagre de maçã com 250mL de água ou com qualquer suco de frutas.

Beba um copo diariamente.

Se fizer qualquer um dos tratamentos regularmente, vai notar uma grande diferença, com grande diminuição da dor.

Esclarecimento: Este blog tem a finalidade de ajudar, mas não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.

Toda sua dor está na ponta do seus dedos, pressione estes pontos para se sentir melhor

Postado em

Quando sentimos dores, costumamos tomar remédios, não é verdade?

Mas a verdade é que esses analgésicos são cheios de substâncias químicas prejudiciais à saúde.

dores nos dedos

Por isso resolvemos mostrar um truque maravilhoso para acabar com dores no corpo.

E tudo o que você precisa é pressionar alguns pontos específicos das mãos.

O que acontece é que nossas mãos têm pontos de energia capazes de influenciar várias partes do nosso corpo.

E os chineses e outros povos orientais já sabem disso há milhares de anos. Veja a imagem abaixo e saiba quais dores podemos curar a partir de cada ponto energético:

1A – Dores hepáticas e problemas no estômago

1B – Constipação, má digestão e diarreia

1C- Dores nos rins, útero e vagina

2A – Dor na coxa

2B – Dor no joelho

2C – Dor nas pernas

2D – Planta do pé

6A – Dor na mandíbula

6B – Dor de garganta

6C – Dor nas costas

6D – Dor lombar

7A – Dor no pescoço (como torcicolo) e dor no ovário

8A – Dor nos dentes, inflamação na gengiva

8B – Dor nas extremidades superiores do corpo

8C- Dor nas extremidades superiores do corpo

9X – Dor de cabeça, faringite, refluxo

Sempre que sentir alguma dor, procure pressionar o ponto que se relaciona com ela por 1 a 3 minutos.

No caso dos pontos 1A, 1B e 1C, procure pressioná-los 3 vezes por semana, durante 5 minutos em cada sessão.

Fazendo isso, vai melhorar a saúde do seu organismo como um todo.

Esclarecimento: Este blog tem a finalidade de ajudar, mas não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.

GONALGIAS  (DORES NOS JOELHOS) – ACUPUNTURA E OSTEOARTROSE DE JOELHO (GONARTROSE)

Postado em Atualizado em

Ocorre mais em mulheres do que em homens e acomete a faixa etária acima de 40 anos.
A má circulação e o excesso de peso (obesidade) são fatores que causam dores na região dos joelhos e até mesmo artroses.

joelho
A imagem mostra uma paciente em tratamento com acupuntura para uma dor na região posterior do joelho esquerdo.

NOTAS CLÍNICAS
INTRODUÇÃO

A osteoartrose de joelho também chamada de gonartrose, é uma doença de caráter inflamatório e degenerativo, que provoca a destruição da cartilagem articular e leva a uma deformidade da articulação. A etiologia da degeneração é complexa e inicia-se com o envelhecimento

.
1- Osteoartrose do joelho: à esquera a representação de um joelho saudável e à direita um joelho doente apresentando excrescência óssea e erosão da cartilagem. Fonte: A.D.A.M. Medical Encyclopedia.

FATORES DE RISCO 2

A –  suscetibilidade individual

– Hereditariedade (filhas de mães com artrose tem mais probabilidade de desenvolver a patologia).
-Fatores Hormonais (descontroles hormonais propiciam a agudização da doença).
– Obesidade (indivíduos obesos possuem maior carga articular propiciando os fenômenos degradativos).
– Massa óssea (alterações de massa óssea interferem no aparecimento da patologia).
-Hipermotilidade (a hipermotilidade implica em maior stress articular e, como conseqüência, maior facilidade na ruptura da malha colágena)

acupuntura curitiba zusanli 1_thumb[1]
– Doenças metabólicas.

B – fatores mecânicos:

– Macro traumas.
– Traumas repetitivos localizados.
– Sobrecargas esportivas.
– Uso inadequado de aparelhos de musculação.
– Alteração da biomecânica normal da articulação.

Osteoartrose do joelho: figura mostrando uma visão mais detalhada. Fonte: A.D.A.M. Medical Encyclopedia

ARTRITE, ARTROSE, OSTEOARTRITE E OSTEOARTROSE, QUAL A DIFERENÇA?

SINAIS 1
• Pontos doloridos nas margens da articulação;
• Sensibilidade exagerada na articulação;
• Inchaço articular;
• Crepitações (atritos);
• Derrame intra-articular;
• Movimentos restritos e dolorosos;
• Atrofia muscular periarticular;
• Enrijecimento da articulação;
• Instabilidade articular.

Osteoartrose do joelho: à esquera a representação da estrutura do joelho e à direita locais em que se manifestam as dores indicando um possível diagnóstico para outros problemas (além da osteortrose). Fonte: A.D.A.M. Medical Encyclopedia

SINTOMAS – 1
• Dor relacionada a exercício físico;
• Dor ao repouso;
• Dor noturna;
• Rigidez após inatividade (tempo parado);
• Perda de movimento;
• Sensação de insegurança ou de instabilidade;
• Limitação funcional;
• Incapacidade.

Gonalgia

ACUPUNTURA É A MELHOR OPÇÃO PARA O TRATAMENTO DA ARTROSE DE JOELHO

TRATAMENTO POR ACUPUNTURA – SELEÇÃO DE PONTOS

1) Ponto Extra – Heding: dor e disfunção do joelho. Movimentos limitados da extremidade inferior. Ativa os vasos e alivia dor.
2) Ponto Extra – Neixiyan (olho interno do joelho): tratamento de gonalgias. Relaxa tendões e alivia dor na articulação do joelho.
3) Ponto Extra – Xiyan (olhos do joelho): relaxa tendões e alivia a dor no joelho. Utilizado quando há frio no joelho.
4) E34 (ponto Xi) – remove obstruções do meridiano, expele vento, umidade e frio. Utilizado quando há dor, edema e disfunções no joelho. Limpa canal do Yang Ming.
5) E35 (olho lateral do joelho): remove obstruções do meridiano e estimula os vasos, alivia edema e dor. Expele o vento, umidade e frio.
6) E36: um dos pontos de acupuntura mais versáteis e utilizado com mais freqüência. Ponto de tonificação geral, às vezes utilizado com moxa. Remove umidade, dissipa frio patogênico externo, regula circulação do Qi, elimina vento frio. Utilizado para dores e limitação de movimento.
7) E38: remove obstruções do meridiano, relaxa os tendões, expele o frio e ajuda nas dores na perna.
8) BP9: principal ponto para eliminar o acúmulo de água e umidade, utilizado para gonalgias. Elimina umidade-calor e frio-úmido. Fortalece joelho, e melhora dor na articulação do joelho.
9) B60: um dos principais pontos de dor periférica, principalmente nos membros inferiores, fortalece joelhos, relaxa músculos e tendões. Remove obstruções do meridiano e elimina fatores patogênicos. Utilizado em afecções na região da articulação do joelho.
10) B64: ponto fonte. Relaxa tendões.
11) R3: ponto fonte. Trata afecções da articulação do joelho. Equilibra yin e yang do organismo. Descongestiona e ativa o meridiano na extremidade inferior.
12) VB34: ponto mestre dos músculos e tendões. Trata gonalgias, relaxa os tendões. Remove umidade-calor, elimina umidade e desobstrui o meridiano. Promove flexibilidade à articulação.
13) VB35: ponto Xi dos Vasos Maravilhosos. Trata dores no joelho, atrofia muscular e ativa meridiano.

NOTA 1: EVENTUALMENTE UTILIZAR OS PONTOS SELECIONADOS COM OUTROS PONTOS QUE ESTEJAM LIGADOS ÀS CONDIÇÕES DO PACIENTE LEVANTADAS NO DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL. ASSOCIAR MOXABUSTÃO E FITOTERAPIA.
NOTA 2: A aplicação de calor com bolsa de água quente feita pelo próprio paciente é um recursos valioso em vários  tratamentos de Acupuntura. Na gonartrose em particular, o calor tem a propriedade de aliviar a dor, aumentar a flexibilidade dos tecidos músculo-tendíneos, diminuir a rigidez das articulações, melhorar o espasmo muscular e a circulação. 3,4

REFERÊNCIAS

1. COSSERMELLI, W. Reumatologia Básica. São Paulo: Sarvier, 1972.
2. Rezende, Márcia Uchôa of et al. Cartilagem Articular e Osteoartrose. Acta ortop. bras., Jun 2000, vol.8, no.2, p.100-104. ISSN 1413-7852.
3. MARX, Felipe C. et al. Tradução e validação cultural do questionário algofuncional  de Laquesne para osteoartrite de joelhos e quadris para a língua portuguesa.  Revista Brasileira de Reumatologia. v. 46, n. 4, p. 253 – 260, 2006.
4. Marques AP, Kondo A. A fisioterapia na osteoartrose: uma revisão da literatura. Rev. Bras Reumatologia 38(2)Mar/Abr:83-90,1998.

Se você, ou uma pessoa que você ama, sofre com problemas de saúde de difícil solução e fica vagando por vários profissionais que às vezes não lhe dispensam a atenção que você quer e precisa ou, por outro lado, faz tratamentos longos e caros sem experimentar uma melhora, talvez seja a hora de você se consultar com um ACUPUNTURISTA!
Não espere o agravamento do problema.

Marque hoje mesmo uma consulta e se surpreenda!

NOTA EXPLICATIVA: O que é Acupuntura?

A Acupuntura é uma técnica milenar da Medicina Tradicional Chinesa, bem como a auriculoterapia, moxabustão, ventosaterapia,an-ma e a reflexologia, dentre outras. É considerada como uma medicina alternativa ou complementar. Os pontos da Acupuntura utilizados nas sessões tratam desde uma lombalgia até problemas mais graves. Os pontos de Acupuntura atuam também de forma bastante eficaz sobre as dores, stress, vícios e na estética – acupuntura estética. O acupunturista integra os esforços da fisoterapia, da homeopatia, da medicina convencional e de inúmeras outras áreas, incluindo aí demais especialidades abarcadas pelas terapias alternativas. . Em clínica o acupunturista utiliza principalmente a técnica chinesa complementada por outras técnicas milenares igualmente fundamentadas nos pontos de Acupuntura para proporcionar saúde, beleza, bem-estar e qualidade de vida aos nossos pacientes.

CERVICALGIA (Dor no Pescoço)

Postado em

A dor no pescoço é a segunda reclamação mais frequente entre as pessoas, perdendo apenas para a dor nas costas. Saiba mais!
CERVICALGIA-dor-no-pescoco

A dor no pescoço é a segunda reclamação mais frequente entre as pessoas, perdendo apenas para a dor nas costas.

Os músculos do pescoço devem estar sempre alertas para suportar o peso da cabeça, e quando são submetidos a sobrecargas, tensionam, diminuindo o fluxo sanguíneo para a região, gerando dor, que pode irradiar para os ombros e até causar dores de cabeça (cefaleia tensional).

Má postura, apertamento dentário (bruxismo), má posição ao dormir, colchão muito mole, travesseiro muito baixo ou muito alto e fatores emocionais, como o estresse, podem causar esse tipo de dor.

Pode ocorrer em pessoas que sofreram acidente de trânsito ou queda e pode ser resultado do estiramento dos ligamentos e músculos. Degeneração do disco (os pequenos amortecedores que ajudam a suportar o peso da coluna) ou hérnia de disco cervical, Osteoartrose (desgaste da articulação) e osteófitos ou “bico de papagaio”, também podem ser causa da dor no pescoço.

A maioria das atividades de trabalho que exigem bastante atenção, acarretam à má postura dos ombros e cabeça, através do aumento da cifose dorsal (corcunda) e da lordose cervical (cabeça para frente) e do aumento da tensão muscular do pescoço e dos olhos para colocarmos mais atenção na tarefa. Estas posições mantidas por longo período, podem gerar dores que inicialmente são causadas apenas por tensão muscular,mas a longo prazo, podem levar a um desvio de postura crônico e à lesão da articulação e compressão de raízes nervosas do pescoço. É o caso das pessoas que trabalham sentadas em frente ao computador, cirurgiões, desenhistas, dentistas, donas de casa e pessoas que passam longos períodos dirigindo.

Para manter uma boa postura e evitar sobrecarga muscular é importante fazer uma atividade física que gere prazer e relaxamento, além de trabalhar a consciência corporal para que a pessoa consiga perceber quando está sobrecarregando seu corpo e se corrigir naturalmente. O trabalho postural também é muito importante, pois irá fortalecer e alongar a musculatura da coluna cervical para que consiga suportar melhor o trabalho que recai sobre ela todos os dias.

Um dos problemas mais procurados nos consultórios de acupuntura é a dor no pescoço ou cervicalgia.
Ocorre por má postura no trabalho, posição ao dormir, e na maioria das vezes causado por stress do dia-a-dia.

Conforme se observa na imagem acima, as agulhas são colocadas na região paravertebral cervical de modo a equilibrar o tônus da região dolorida.

cervical1
Algumas dicas para aliviar a dor no pescoço:

1. Nos dias de frio agasalhar-se bem.
2. Fazer pausas do trabalho no computador para alongar e movimentar os ombros e o pescoço.
3. Para quem dirige muito é importante ter um encosto de cabeça ajustado e manter uma distância saudável entre o banco e o volante (braços esticados e mãos firmes no volante com os pés alcançando sem esforço os pedais).
4. Praticar atividades de relaxamento para corpo e mente.
5. Procurar dormir de lado com um travesseiro sob a cabeça, que ocupe exatamente a distância entre o pescoço e o ombro, e um travesseiro entre as pernas.
6. O esforço para conseguir enxergar também gera sobrecarga dos músculos do pescoço. Procure um oftalmologista caso esteja com dificuldades na vista.

Fibromialgia Tem Cura? Confira algumas dicas para tratamento de fibromialgia.

Postado em

fobromialgiaTalvez você não saiba o real motivo por sentir tanta dor muscular, isso pode estar ligado diretamente a uma doença cronica, conhecida como fibromialgia.

É uma síndrome comum em que a pessoa sente dores por todo o corpo durante longos períodos, com sensibilidade nas articulações, nos músculos, tendões e em outros tecidos moles.

Está diretamente ligada também à fadiga, distúrbios do sono, dores de cabeça, depressão e ansiedade.

Pesquisadores acreditam que a síndrome é causada por um descontrole na forma como o cérebro processa os sinais de dor.

Causas

As causas ainda são desconhecida mas existem vários fatores que estão frequentemente associados a esta síndrome. Confira:

fibromialgiaGenética: essa doença é muito recorrente em pessoas da mesma família, o que pode ser um indicador de que existem algumas mutações genéticas capazes de causar a síndrome.

Infecções por vírus e doenças autoimunes também podem estar envolvidas nas causas.

Distúrbios do sono, sedentarismo, ansiedade e depressão também podem estar ligados de alguma forma à síndrome.

Fatores de risco

Os médicos alertam para alguns fatores de risco que facilitam o surgimento desta doença. Confira:

fibromialgiaSexo: a síndrome é mais comum em mulheres do que em homens, em especial naquelas entre 20 e 50 anos.

Histórico familiar: a doença é recorrente entre membros de uma mesma família, indicando que talvez exista algum fator genético envolvido nas suas causas.

Confira os principais sintomas da doença:

Dor generalizada: é constantemente descrita como uma dor presente em diversas partes do corpo e que demoram pelo menos três meses para passar.

Fadiga: pessoas portadores dessa síndrome frequentemente acordam já se sentindo cansadas, mesmo que tenham dormido por muitas horas.

O sono também é constantemente interrompido por causa da dor, e muitos pacientes apresentam outros problemas relativos ao sono, a exemplo da apneia e insônia.

Dificuldades cognitivas: para os portadores, é mais difícil se concentrar, prestar atenção e focar em atividades que demandem esforço mental

Dor de cabeça recorrente ou enxaqueca clássica, dor pélvica e dor abdominal sem causa identificada (Síndrome do intestino irritável)

Problemas de memória e de concentração.

Dormência e formigamento nas mãos e nos pés
Palpitações.

Redução na capacidade de se exercitar.

Fibromialgia Tem Cura?

O tratamento é mais eficaz quando são unidos medicamentos e cuidados não medicamentosos.

O foco é evitar a incapacidade física, minimizar os sintomas e melhorar a saúde de modo geral.

O tratamento pode envolver:

acupuntura2-hg

Fisioterapia

Programa de exercícios e preparo físico

Métodos para alívio de estresse, incluindo massagem leve e técnicas de relaxamento

Terapia cognitivo comportamental.

Fibromialgia Tem Cura? Confira neste vídeo algumas dicas para tratamento de fibromialgia

Dor de cabeça na Medicina Tradicional Chinesa.

Postado em

o-que-pode-causar-dor-de-cabeca-1
A dor de cabeça é um sintoma subjetivo. Este capítulo trata a cefaleia enquanto sintoma predominante e não como consequência de outras causas como hipertensão. No entanto, os pontos usados neste capítulo podem ser usados para o tratamento da dor de cabeça independentemente de ser o sintoma predominante ou não.

Diagnóstico da dor de cabeça na medicina chinesa

Invasão de Vento-Frio
dor de cabeça que agrava com vento e frio, dor estende-se até à nuca e ombros, preferência por aplicações de calor local, pode ser fixa, aversão ao vento, aversão ao frio, ausência de sudação e sede, dor generalizada, pulso suave, língua com capa branca e fina.
dor de cabeça na medicina chinesa
Invasão de Vento-Calor
Dor de cabeça tipo distensão na cabeça, pode ser severa, aversão ao vento, aversão ao calor, preferência por aplicações locais de frio, febre, boca e garganta secas, tosse seca, face vermelha, língua vermelha com capa amarela, pulso rápido e flutuante.

Invasão de Vento-Humidade
Cefaleia, sensação de peso, agravamento com tempos húmidos ou chuvosos ou na presença de vento, fezes moles, alterações de apetite, astenia física, cefaleia agrava após esforço físico, língua pálida com capa branca pegajosa, pulso suave ou deslizante.

Plenitude Calor do Fígado
Cefaleia(1) que agrava com calor e estados de irritabilidade ou raiva, melhora com aplicações de frio, vertigens, insónia, cefaleia predominante nas têmporas, irritabilidade ou propensão para ataques de raiva, face vermelha, olhos vermelhos, sabor amargo na boca, garganta seca, sede, obstipação, urina escura, pulso cheio, em corda, língua vermelha com capa amarela.

Vazio de Qi
Cefaleia tipo moínha, preferência por aplicações locais de calor, melhora com pressão, tonturas, vertigens, astenia, anorexia, cefaleia agrava após esforço físico, fezes moles, pulso fraco e língua pálida com capa fina e branca.

Vazio de Sangue Fígado
Cefaleia mais localizada na zona supra orbital, melhora com pressão, agrava durante e após o período menstrual, agrava após hemorragias (pode aparecer enquanto consequência), palidez, membros frios, astenia física e agitação psíquica, palpitações, visão nublada, outras alterações de visão associadas a crises de cefaleia ou vice-versa, amenorreia ou período escasso, provável ausência de coágulos e sangue pálido, língua pálida com bordo pálidos com capa branca e fina, pulso suave em corda.

Humidade-Mucosidade
dor de cabeça acompanhada de tonturas, sensação de peso na cabeça, opressão torácica e dilatação abdominal, anorexia, náuseas, sensação de peso no corpo, edema, língua pálida ou normal com capa pegajosa e branca, pulso deslizante.

Estase de Sangue
dor de cabeça fixa tipo facada, agrava antes do período menstrual, insónia, sangue menstrual com coágulos, presença de massas, língua púrpura com varicosidades sub linguais, pulso em corda.

Deficiência do Rim
Cefaleia, dor surda, melhora de manhã e agrava com trabalho, zumbidos, vertigens, astenia física, fraqueza dos membros inferiores, lombalgia, alterações urinárias, língua pode apresentar-se normal, pulso profundo e fraco.

Acupuntura para dor de cabeça na medicina chinesa

Seleção de pontos para dor de cabeça na medicina chinesa de acordo com áreas afetadas:

13

Cefaleia frontal: 14VB, 2B, 8E, 4IG
14VB, 2B e 8E são pontos locais e 4IG é ponto distal. A região frontal é uma região Yang Ming e daí usar-se a combinação 8E e 4IG. Os pontos locais devem ser direccionados para a região dolorosa.
Ainda poderíamos recorrer aos pontos: 44E, 20VB (em especial se zona supraorbital se encontrasse afectada), YinTang, 23VG.

Cefaleia temporal: 8VB, TaiYang, 41VB, 5TA
8VB e TaiYang são pontos locais. 5TA e 41VB são pontos distais. Como a região temporal pertence ao nível Shao Yang usamos os pontos de abertura dos meridianos maravilhosos Dai Mai e Yang Wei Mai. Isto também nos permite desenvolver uma combinação base de pontos do mesmo par de meridianos e mesmos meridianos, locais e distais: 41VB, 5TA e 8VB.
Outros pontos a usar: 8E (direccionado para a zona dolorosa – este ponto é o ponto de intersecção do Estômago com a Vesícula Biliar e daí poder ser usado para tratar cefaleia ao longo do meridiano da VB, sendo, no entanto, mais usado ou em cefaleia frontal ou temporal), 20VB. Outros pontos distais ao longo do meridiano do TA também podem ser usados.

Cefaleia occipital: 20VB, 19VG, 16VG, 62B, 3ID,
20VB, 19VG, 16VG são pontos locais e 62B e 3ID são pontos distais. Uma vez que esta região pertence ao nível Tai Yang recorremos à combinação de pontos 3ID e 62B que são, respectivamente, pontos de abertura dos meridianos maravilhosos Du Mai e Yang Qiao Mai. O ponto 10B dá-nos hipótese de fazer uma combinação do mesmo nível com pontos do mesmo meridiano locais e distais. Consoante a localização mais especifica ao longo de toda a zona occipital e afecção ou não da nuca podemos recorrer a uma miríade de pontos locais.
Outros pontos a usar para dor de cabeça na medicina chinesa: 60B e outros pontos do meridiano da bexiga ao longo da perna são aconselhados para tratar problemas desta área.

Cefaleia parietal: 20VG, Sishencong, 6MC, 3F
20VG e Sishencong são pontos locais e 6MC e 3F são pontos distais. A zona parietal (vértice da cabeça incluído) pertencem ao nível Tay Yin. Como os meridianos do MC e F não tem pontos locais na cabeça é impossível fazer combinação de pontos locais e distais do mesmo meridiano.
Outros pontos a usar para dor de cabeça na medicina chinesa: pontos como o 1R e 2R estão aconselhados para cefaleia nesta região assim como o 60B.

Seleção de pontos de acordo com os padrões clinicos:

Invasão de Vento-Frio: 4IG, 7P, 12B, 16VG, 14VG, 20VB
Não é necessário recorrer a este protocolo extenso (em adição aos pontos acima mencionados). Este é só um conjunto de pontos distais e locais muito bons para o padrão clínico apresentado. Outros pontos como 23VG também podem ser usados. Muitas vezes a selecção destes pontos é mais dependente dos sintomas que compõem o padrão do que do quadro geral em si mesmo.

Invasão de Vento-Calor: 4IG, 5TA, 7P, 16VG, 14VG, 20VB
Com pequenas diferenças os pontos usados para os padrões de Vento-frio são os mesmos usados para os padrões de Vento-Calor. Consoante os sintomas de calor se manifestem com maior ou menor violência poderá dar-se mais atenção a pontos específicos para eliminar calor como os 2º pontos Shu.

Invasão de Vento-Humidade: 4IG, 40E, 8E
O 4IG elimina Vento. 40E elimina Mucosidades e 8E é um ponto local para eliminar Humidade na cabeça. 9BP, 6BP seriam outros pontos para eliminar Humidade e 7P, 20VB para eliminar Vento por exemplo.

Plenitude Calor do Fígado: 2F, 43VB, 20VB
Esta é uma combinação simples para eliminar calor recorrendo aos 2º pontos Shu e um ponto local que acalma o Yang do Fígado.

Subida de Yang do Fígado: 3F, 20VB, 6BP, 3R, 8F
A diferença destas 2 combinações é a seguinte: na PC Fígado recorre-se a pontos para eliminar Calor e na Subida de Yang do Fígado pretende-se acalmar o Yang (eliminar Calor) e tonificar o Yin. 6BP, 3R, 8F é uma combinação base para tonificação do Yin do Fígado.

Vazio de Qi: 20B, 36E, 2BP
Esta é uma combinação muito simples para a tonificação do Qi do BP (Jing adquirido). Pontos como 6BP, 3BP, 12VC, 21B poderiam estar incluídos. Se quiséssemos também poderíamos adicionar os pontos 30E e 4BP.

Vazio de Qi e Sangue: 17B, 10BP, 36E, 12VC
17B e 10BP é uma combinação base para a tonificação do Sangue e 36E e 12VC é uma combinação para o Qi do BP. Uma vez que é através do Qi do BP que se forma o sangue é possível aparecer um quadro de Vazio de Qi que gera Vazio de Sangue. Nestes casos poderíamos ainda usar pontos de assentimento como 20B, 15B ou 18B consoante os órgãos mais envolvidos Para adicionar mais pontos para o Qi consultar o Vazio de Qi.

Vazio de Sangue do Fígado: 8F, 10BP, 36E
Esta combinação pode ser analisada em 2: 8F (ponto de tonificação do Fígado) e 10BP (ponto de tonificação do Sangue) para tonificar o Sangue do Fígado e 36E que tanto tonifica Sangue como Qi. Caso o Vazio de Sangue não estivesse associado a um Vazio de Qi mas sim a um Vazio de Yin poderíamos remover o ponto 36E e adicionar 6BP e 3R (uma combinação base para tonificar o Yin).

Humidade-Mucosidade: 9BP, 6BP, 40E
Esta é uma combinação base para eliminar Humidade (6BP e 9BP) e para Mucosidade (40E). Consoante os sintomas acompanhantes da cefaleia evidenciem um envolvimento do AS, AM ou AI poderemos recorrer aos pontos 17VC, 12VC e 6VC para cada aquecedor, assim como a outros pontos que actuem nos órgãos envolvidos.

Estase de Sangue: 17B, 10BP
Combinação base geral para mover o Sangue. Consoante variação sintomática outros pontos poderão ser adicionados.

Deficiência do Rim: 3R, 4VC, 4VG, 23B
Por deficiência do Rim entende-se um Vazio de Yin e Yang considerado por muito autores como Vazio de Qi. Daí recorrer-se à combinação 4VC e 3R. 4VC é ponto que tonifica directamente a energia Yuan e 3R é o ponto Fonte (Yuan) do Rim. O ponto 4VG tonifica o Yang e o ponto 23B fortalece o Rim.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Homem-dor-de-cabeca-hg

O reconhecimento do sintoma e da zona afectada é a base, e a parte mais importante no tratamento por acupunctura, de todo o tratamento. O reconhecimento do padrão clínico vem na sequência da nossa análise e é a partir desta análise que conseguimos seleccionar pontos para adicionar ao protocolo base. Qualquer princípio de tratamento deve tomar em consideração estes princípios.

Assim vamos supor que 3 pacientes apresentam cefaleia frontal. Neste caso seleccionaríamos os pontos: 14VB, 2B, 8E e 4IG independentemente do padrão clínico. No entanto, ao paciente A é diagnosticado um padrão de Vazio de Qi do Baço, ao segundo doente é diagnosticado um padrão de Humidade-Mucosidade e ao terceiro paciente um padrão de Vento-frio.

Os pontos a adicionar seriam, portanto:
Paciente A: 14VB, 2B, 8E, 4IG e 20B, 36E, 12VC por exemplo.
Paciente B: 14VB, 2B, 8E, 4IG e 9BP, 40E. O ponto 8E é um bom ponto para eliminar Humidade na cabeça mas já se encontra no protocolo base.
Paciente C: 14VB, 2B, 8E, 4IG e 7P, 23VG. O ponto 4IG usa-se em conjunto com o 7P (combinação de pontos Fonte-Conexão) mas o 4IG já se encontra no protocolo base (não vale de nada escreve-lo 2 vezes).

Se o paciente apresentar sintomas como rigidez na nuca ou outros sintomas que também afectem as vias respiratórias superiores, pontos como 16VG e 20VB também deveriam ser adicionados por exemplo.

BIBLIOGRAFIA

JUNYING, Geng; et ally; Selecionando os Pontos Certos de Acupunctura, Um Manual de Acupunctura; ed. ROCA, ISBN 85-7241-152-6; 1ª edição, São Paulo, 1996
YANFU, Zuo; et ally; Chinese Acupuncture and Moxibustion; Publishing House of Shangai University of Tradicional Chinese Medicine; ISBN 7-81010-667-8, 1ª edição, Shangai, 2002
YIN, Ganglin; ZHENGHUA, Liu; Advanced Modern Chinese Acupuncture Therapy; Ed. New World Press, ISBN 7-80005-558-2/R•046, 1ª edição, Beijing, 2000
ZHIXIAN, Long; et ally; Diagnostic of Tradicional Chinese Medicine; edited Beijing University of Tradicional Chinse Medicine, Academy Press, ISBN 7-5077-1271-0, 2ª edição, Beijing, 2002
ZHIXIAN, Long; et ally; Acupuncture & Moxibustion; edited by Beijing University of Traditional Chinese Medicine, Academy Press, ISBN 7-5077-1269-9, 1ª edição, Beijing, 1999

NOTAS DE FIM DE TEXTO

DORES CIÁTICA – TRATAMENTO.

Postado em Atualizado em

Dor Ciática
A dor ciática é um tipo de dor muito intenso que ocorre normalmente ao longo do nervo ciático (o mais longo de todo o corpo), que abrange toda a área entre a região lombar e os pés. Normalmente ocorre apenas num lado do corpo, podendo provocar sensações de formigueiro, adormecimento e/ou fraqueza muscular.

Este tipo de dor é considerada um sintoma e não uma doença. Surge quando ocorre uma compressão do nervo ciático, e as causas mais comuns são as hérnias discais (a causa mais frequente), tumores, ou traumas que impliquem o desalinhamento de uma vértebra ou uma contractura muscular.

A ciática surge mais frequentemente na meia-idade, quando o processo natural de envelhecimento afecta a estrutura da coluna vertebral e abre caminho ao surgimento de hérnias discais. Algumas situações também aumentam a probabilidade de alguém vir a sofrer de ciática – tais como a gravidez, o excesso de peso, desportos muito intensos, bem como actividades profissionais onde seja necessário levantar cargas muito pesadas.

Se não for tratado o problema que está a provocar este sintoma, a dor ciática pode originar situações graves, tais como dificuldade em urinar, caminhar e praticar actividades essenciais do dia-a-dia.

A dor ciática é fácil de tratar com acupuntura. Isto não significa que se tenham sempre resultados positivos. Significa, como pode imaginar, que a definição do tratamento é relativamente simples. O diagnóstico, tal como enquadrado na medicina chinesa também é fácil. Na realidade bastam poucas questões para se saber fazer o diagnóstico.

Existem diversos tratamentos que podem ser aplicados no tratamento da dor ciática, portanto pode ser tratado com acupuntura, moxabustão, ventosa-terapia, massagens e alongamentos, tudo depende do tempo que a pessoa esta com ciática, más normalmente em muito poucos tratamentos o sintoma desaparece.