nervo

O que é Neralgia (Nevralgia) do trigêmeo?

Postado em Atualizado em

O que é Nevralgia do trigêmeo

nevralgia do trigêmio 5
A neuralgia do trigêmeo é um distúrbio nervoso que provoca uma dor lancinante na região do rosto, por onde passa o nervo trigêmeo – responsável por carregar as mensagens resultantes das sensações do rosto para o cérebro.

A dor sentida por esta condição é descrita como uma das piores dores que existem.

Causas

nevralgia do trigêmio 6
O nervo do trigêmeo recebe esse nome porque tem três ramificações: o ramo oftálmico (que acompanha os olhos), o ramo maxilar (que acompanha todo o maxilar superior) e o ramo mandibular (que acompanha o maxilar inferior).

Assim como vários outros nervos presentes no rosto, o nervo do trigêmeo é um nervo sensitivo que controla as sensações que se espalham pela face, enviando-as como mensagens ao cérebro.

A dor provocada pela neuralgia do trigêmeo se distribui de acordo com o ramo do nervo afetado. A neuralgia pode se distribuir em três grandes partes do rosto:

nevralgia do trigêmio 7

Região frontal, que toma a órbita ocular e parte do nariz
Região malar, que se estende até o nariz e parte do lábio superior
Região temporal que passa pelo lado do ouvido e acompanha o maxilar inferior.

Na neuralgia do trigêmeo, a função do nervo do trigêmeo é interrompida. Geralmente, o problema é causado pelo contato entre um vaso sanguíneo normal – neste caso, uma artéria ou de uma veia – e o nervo do trigêmeo. Esse contato coloca pressão sobre o nervo e faz com que ele não funcione corretamente e provoque a dor característica.

nevralgia do trigêmio 3

Uma série de gatilhos pode desencadear a dor da neuralgia do trigêmeo, incluindo:

Barbearse
Acariciar o próprio rosto
Alimentar-se
Beber
Escovar os dentes
Falar
Maquiar-se
Ser exposto à brisa e ao vento
Sorrir
Lavar o rosto.

Sintomas de Nevralgia do trigêmeo
Os sintomas resultantes da neuralgia do trigêmeo podem incluir os seguintes:

Dor leve e ocasional, que vêm em pontadas

nevralgia trigêmio 9
Dor lancinante, descrita como insuportável, que chega repentinamente e assemelha-se a um choque elétrico
Ataques espontâneos de dor ou ataques desencadeados por simples gatilhos, como falar, comer, beber ou escovar os dentes
Crises de dor com uma duração de alguns segundos
Episódios de vários ataques que duram dias, semanas, meses ou mais – algumas pessoas têm períodos em que eles não sentem dor
Dor nas áreas pelas quais passa o nervo trigêmeo, incluindo o rosto, mandíbula, dentes, gengivas, lábios ou, com menos frequência, os olhos e a testa
Dor que afeta somente um lado do rosto
Dor que permanece em um só local ou que irradia para outras partes do rosto aos poucos
Ataques de dor cada vez mais frequentes e intensos.

TRATAMENTO ACUPUNTURA.

ACUPUNTURA COMO TRATAMENTO SIGNIFICATIVO PARA A NEURALGIA DO TRIGÊMIO
Revisando trabalhos apresentador nos Congressos Brasileiros de Dor, encontrei um interessante relato de caso. Neste, observa-se o efeito sinérgico da Acupuntura no tratamento de síndromes dolorosas de difícil manejo como já relatados em outros trabalhos científicos.

Apresento aqui o Resumo e seus autores.
(trabalho apresentado no 8º Congresso Brasileiro de DOR)

Autores: Rosângela Alencar, Rebecca Coelho, Nathália Itapary
UNICEUMA

Resumo: Neuralgia do Trigêmeo é um distúrbio neuropático dos ramos sensitivo do nervo trigêmeo que causa episódio de dor intensa nos olhos, lábios, nariz, couro cabeludo, testa, mandíbula e espasmo musculares ipsilateral. Não foi encontrado evidencias na literatura de melhora da sintomatologia dessa síndrome com acupuntura. Porém, este é um relato de caso da paciente M.L., sexo feminino, 70 anos, branca, que há 8 anos apresenta fortes dores, tipo choque, na hemiface direita, que dura alguns minutos e retorna com maior severidade limitando suas atividades, ocasionada pela sensibilidade ao frio. O diagnostico sintomatológico e por imagem comprovou que a paciente é portadora da Neuralgia do Trigêmio, acometendo os ramos maxilares e mandibulares. Nos primeiros 2 anos fez uso apenas de droga fitoterápica sem melhoras e deu inicio ao tratamento medicamentoso feito com Oxcarbamazepina na dosagem inicial de 300 mg duas vezes ao dia, que não foi suficiente para resolver as crises. Recorreu há um ano ao tratamento com acupuntura, realizado periodicamente (duas vezes na semana) obtendo melhora significativa da crise nos primeiros 3 meses e cessando por completo nos últimos 7 meses. Evidenciando assim que a acupuntura, neste caso,  junto com o tratamento medicamentoso foram significativos  para a diminuição da sintomatologia  da Neuralgia do Trigêmeo.

nevralgia do trigêmio 4

Tratamento caseiro para dormência nas mãos

Postado em Atualizado em

Alecrim
O tratamento caseiro para dormência nas mãos tende a curar essa perda da sensibilidade. Essa condição é caracterizada pela sensação de formigamento, ou queimação, fraqueza nos dedos e dores agudas. Decorre de uma pressão, em geral, sobre os nervos, ou vasos sanguíneos que estão na região do braço, punho e dedos.
Muitas vezes é relacionada com a Síndrome do Túnel do Carpo (maiores informações sobre esta condição AQUI). Acredita-se que em decorrência desta síndrome há excesso de pressão sobre o nervo que vai do braço ao punho. E se for este o caso, deve-se providenciar a imobilização do movimento do punho com a colocação de uma tala.
Mas também pode estar associada com derrames, esclerose múltipla, diabetes, ou com a má circulação. É de suma importância conhecer a causa, pois só assim poderá aplicar o tratamento correto.
Para prevenir que agrave, ou para buscar uma potencial cura, pode-se optar pelo tratamento natural. A primeira preocupação deve ser diminuir a pressão nos nervos, possível com a ingestão de anti inflamatórios. O melhor anti inflamatório natural, ou o mais eficaz, é o gengibre. Beba um chá pela manhã, e outra vez à noite.
Há que tratar, ainda, da saúde dos nervos. Pondere beber um suplemento de Sulfato de Magnésio, que equilibra o Sistema Nervoso. Enquanto isso, terá que consumir pelo menos 1 colher de chá de açafrão diariamente. Pode ser adicionado como tempero, ou misturado em meio copo de água. Há também as cápsulas. Em alternativa, poderá beber chá de alecrim, pela manhã e à noite.
Providencie gelo para fazer compressas diárias, 2 vezes por dia. Nos intervalos entre as aplicações, alongue o braço, e faça exercícios com os dedos. Uma bola de borracha, proporcional ao tamanho da sua mão, é uma excelente alternativa para exercitar os dedos, e pode ser facilmente transportada, de casa para o trabalho, por exemplo.
Para fortalecer o Sistema Imunológico a fim de que o corpo possa combater essa condição, aumente a ingestão de Zinco, encontrado nas sementes de abóbora, queijo e amendoins.