saúde

A CURA DE MUITAS DOENÇAS: BEBER ÁGUA COM ESTÔMAGO VAZIO

Postado em

AGUA 2
Um cardiologista diz que se todos que receberem esta mensagem, a enviarem a pelo menos uma das pessoas que conhecem, pode ter a certeza de que, pelo menos, poderá salvar uma vida.

Beba água com estômago vazio.

Hoje é muito popular, no Japão, beber água imediatamente ao acordar. Além disso, a evidência científica tem demonstrado estes valores. Abaixo divulgamos uma descrição da utilização da água para os nossos leitores.  Para doenças antigas e modernas, este tratamento com água tem sido muito bem sucedido….  Para a sociedade médica japonesa, uma cura de até 100% para as seguintes doenças: Dores de cabeça, dores no corpo, problemas cardíacos, artrite, taquicardia, epilepsia, excesso de gordura, bronquite, asma, tuberculose, meningite, problemas do aparelho urinário e doenças renais, vômitos, gastrite, diarreia, diabetes, hemorroidas, todas as doenças oculares, obstipação, útero, câncer e distúrbios menstruais, doenças de ouvido, nariz e garganta.

Método de tratamento:

1. De manhã e antes de escovar os dentes, beber 2 copos de água.

2. Escovar os dentes, mas não comer ou beber nada durante 15 minutos.

3. Após 15 minutos, você pode comer e beber normalmente.

4. Depois do lanche, almoço e jantar não se deve comer ou beber nada durante 2 horas.

5. Pessoas idosas ou doentes que não podem beber 2 copos de água, no início podem começar por tomar um copo de água e aumentar gradualmente.

6. O método de tratamento cura os doentes e permite aos outros desfrutar de uma vida mais saudável…

A lista que se segue apresenta o número de dias de tratamento que requer a cura das principais doenças:

1. Pressão Alta – 30 dias
2. Gastrite – 10 dias
3. Diabetes – 30 dias
4. Obstipação – 10 dias
5. Câncer – 180 dias
6. Tuberculose – 90 dias
7. Os doentes com artrite devem continuar o tratamento por apenas 3 dias na primeira semana e, desde a segunda semana, diariamente.

Este método de tratamento não tem efeitos secundários. No entanto, no início do tratamento terá de urinar frequentemente.

É melhor continuarmos o tratamento mesmo depois da cura, porque este procedimento funciona como uma rotina nas nossas vidas. Beber água é saudável e dá energia.

Isto faz sentido: o chinês e o japonês bebem líquido quente com as refeições, e não água fria.Talvez tenha chegado o momento de mudar seus hábitos de água fria para água quente, enquanto se come. Nada a perder, tudo a ganhar!

Para quem gosta de beber água fria
Beber um copo de água fria ou uma bebida fria após a refeição solidifica o alimento gorduroso que você acabou de comer. Isso retarda a digestão. Uma vez que essa ‘mistura’ reage com o ácido digestivo, ela reparte-se e é absorvida mais rapidamente do que o alimento sólido para o trato gastrointestinal. Isto retarda a digestão, fazendo acumular gordura em nosso organismo e danifica o intestino. É melhor tomar água morna, ou se tiver dificuldade, pelo menos água natural.

Nota muito grave – perigoso para o coração: As mulheres devem saber que nem todos os sintomas de ataques cardíacos vão ser uma dor no braço esquerdo. Esteja atento para uma intensa dor na linha da mandíbula. Você pode nunca ter primeiro uma dor no peito durante um ataque cardíaco. Náuseas e suores intensos são sintomas muito comuns. 60% das pessoas têm ataques cardíacos enquanto dormem e não conseguem despertar. Uma dor no maxilar pode despertar de um sono profundo… Sejamos cuidadosos e vigilantes.

Quanto mais se sabe, maior chance de sobrevivência… Um cardiologista diz que se todos que receberem esta mensagem, a enviarem a pelo menos uma das pessoas que conhecem, pode ter a certeza de que, pelo menos, poderá salvar uma vida.

Solange Christtine Ventura

Anúncios

Superfórmula que limpa artérias, elimina mau colesterol e reforça imunidade.

Postado em

elixir desentupir artérias edit

Este medicamento natural vai desobstruir suas artérias e eliminar o mau colesterol.

Trata-se de uma fórmula concentrada de alho, limão e gengibre, três fortes “afinadores” naturais do sangue.

O consumo regular dessa bebida vai ajudar na eliminação de acúmulos de gordura no sangue.

A fórmula foi desenvolvida para tratar e prevenir a aterosclerose, regular o nível de gorduras no sangue, prevenir a fadiga geral, prevenir e tratar gripes, infecções e resfriados, reforçar a imunidade, limpar o fígado e melhorar a função das enzimas hepáticas e ajudar na prevenção de doenças cardíacas e circulatórias.

O sangue, pela medicina natural, é o segredo da saúde.

E este elixir desintoxica e melhora intensamente a qualidade do sangue.

Esta bebida é especialmente incrível para as pessoas mais velhas, pois restaura a energia, rejuvenesce o corpo e melhora a circulação.

Nela há uma grande concentração de alho, o que é intencional.

Isso foi pensado, durante a criação da receita, para que se obtivesse uma alta concentração de enzimas e de outras importantes substâncias do alho.

Mas não se preocupe: o limão e a água neutralizam completamente o sabor e o cheiro fortes do alho.

Portanto, nem o sabor nem o cheiro de alho são desculpas para não fazer a bebida.

A preparação deste medicamento natural é muito simples.

Comprove:
INGREDIENTES

4 cabeças de alho (mais ou menos 40 dentes)

4 limões

1 pedaço de 4 cm de raiz de gengibre ou 2 colheres (sopa) de gengibre em pó

2 litros de água

MODO DE PREPARO

Lave e corte os limões em pedaços sem descascá-los.

Se os limões não forem orgânicos, este método <AQUI> elimina os agrotóxicos dele.

Descasque os dentes de alho e misture-os, numa vasilha, com os pedaços de limão e o gengibre.

Misture até ficar bem homogêneo.

Coloque a mistura numa panela, despeje sobre ela 2 litros de água e leve para aquecer até que chegue ao ponto de ebulição.

Mexa de vez em quando.

Tire a panela do fogo e deixe esfriar por um tempo.

Coe e transfira para garrafas de vidro.

Beba este medicamento todos os dias.

Você deve tomar cerca de 200 ml na parte da manhã, em jejum, antes de comer ou de beber algo.

Você pode também dividir esse consumo, em quantidades menores ao longo do dia.

Agitar bem o frasco antes de cada uso.

Conserve na geladeira.

Quem é hipertenso deve tomar uma dose muito pequena e observar como o corpo reage, pois existem especulações sobre o gengibre aumentar a pressão arterial (nada comprovado cientificamente).

Hábitos para melhorar a digestão

Postado em

Alimentação
Mastigação Mastigar é essencial para facilitar a digestão. Especialistas recomendam de 15 a 20 mastigações a cada garfada. Isso porque ao triturar bem os alimentos antes de engolir, facilita para o estômago processar os alimentos, já que a quantidade que fica em contato com o suco gástrico é maior. Também é importante comer devagar, fazendo pausas entre as garfadas. Nosso cérebro demora para entender que estamos satisfeitos, então, se comemos muito rápido, corremos o risco de comer demais. Sossego Faça da sua refeição um momento de relaxamento e bem estar. Nada de chegar no restaurante correndo, comer em lugares muito barulhentos e com aglomeração de pessoas. Outro vilão da alimentação correta é comer em frente à TV e no sofá. A distração da TV pode fazer você comer demais. Procure, sempre que possível, sentar-se à mesa, na companhia de pessoas agradáveis e faça da sua refeição uma hora sagrada. Excesso de bebidas Não devemos exagerar na quantidade de líquidos consumidos durante a refeição. Isso porque o excesso pode diluir o suco gástrico, produzido pelo estômago, dificultando o processo de digestão. Outro ponto a ficar atento é usar as bebidas para engolir o alimento sem mastigar. O correto é mastigar bem o alimento, engolir e só depois tomar o líquido. Um copo de bebida não prejudica o processo digestivo. Poucas refeições durante o dia Pular refeições importantes traz muitos problemas para a saúde. Ao acordar, tome um café da manhã variado, com frutas, pães integrais e leite. Esse hábito garante mais energia durante o dia e ainda evita que você fique com aquela vontade incontrolável de comer qualquer coisa à noite. Comer de 4 em 4 horas ajuda a preservar os músculos, evita déficits de atenção e melhora o rendimento no trabalho. Estudos também comprovam que comer mais vezes durante o dia, pausadamente e à mesa contribuem para a perda de peso. Quer melhorar ainda mais o aproveitamento de alimentos e a digestão? Pratique um exercício leve após as refeições, como a caminhada.

Dossiê Chocolate: Grande vilão, um incompreendido ou apenas um bom aliado da saúde?

Postado em

chocolate

Quem é que não gosta de chocolate? Chocolate amargo, ao leite, branco, diet, em pó etc.

Hoje em dia, encontramos as mais variadas versões desse alimento milenar, que se origina do Cacaueiro, cujo nome científico é Theobroma cacao, planta nativa de uma região que vai do México, passando pela América Central e expandindo-se até a América do Sul.  Seu nome científico deriva de palavras gregas que significam “alimento dos deuses”. De fato, não há quem negue que essa guloseima tão consumida e apreciada não tenha um quê de especial.

Atualmente, em nossa sociedade, o chocolate é símbolo do romantismo traduzido em caixas e cestas de chocolate que são presenteados principalmente no Dia dos Namorados, representa a alegria das crianças e adultos na Páscoa, já que é o famoso protagonista vendido em larga escala em formato de ovos. Além disso, desde a Antiguidade, o chocolate é usado no tratamento de beleza, tais como em banhos relaxantes de espuma, no qual faz o papel de revitalizar e hidratar a pele ressecada e desnutrida. Essa prática está em evidência, e os banhos são feitos em clínicas de estética, mas já existem produtos próprios à base de cacau para serem preparados em casa.

O chocolate, dessa forma, não parece ser nem de longe o vilão da história, mas estudos comprovam que ele possui em sua composição uma química venenosa. O composto mais potente do chocolate, um alcaloide de planta chamada teobromina, que é ligeiramente amargo ao paladar, pode ser venenoso para algumas espécies, principalmente para os cães.

O alerta foi feito pela Dog Help Network, uma rede de ajuda aos cães que observou que: “O Dia dos Namorados é o único grande dia no qual os cães são levados para as salas de emergência por causa do chocolate ingerido por eles”.

Muitos dizem que a gordura e o açúcar nos doces fazem bem ao animal, mas o que está em questão é a ingestão do alcaloide teobromina.

chocolate-manteiga-cacau

O que é um alcaloide?

É uma substância básica que deriva, em sua grande essência, de plantas, mas também pode ser derivada de fungos, bactérias e até mesmo de animais. Contêm em sua fórmula os elementos nitrogênio, oxigênio, hidrogênio e carbono. Normalmente, conhecemos alguns de seus nomes cujo sufixo é ina, como a cafeína (do café, que é chamada de pseudoalcaloide, por ser, na verdade, uma xantina), a cocaína (da coca), a papaverina/morfina/heroína/codeína (da papoula) são alguns exemplos.

Nas plantas, o alcaloide pode existir no estado livre, como sais ou como óxidos, e corresponde aos principais terapêuticos naturais com ação biológica anestésica, analgésica, psicoestimulantes, neurodepressores, etc.

A teobromina no chocolate

teobromina
A teobromina foi descoberta nos grãos de cacau em 1841. Ela é conhecida por possuir um leve efeito estimulante em humanos, o que explica juntamente com os efeitos da cafeína e alguns outros compostos, a ação estimulante e energética que as pessoas têm ao comer chocolate.

No entanto, o excesso de teobromina no organismo humano pode causar náuseas e até mesmo anorexia, segundo relato da National Hazardous Substances Database (Base de Dados Nacional de Substâncias Perigosas): “Afirma-se que ‘em grandes doses’ a teobromina pode causar náuseas e anorexia, e que a ingestão diária de 50-100 gramas de cacau (0,8-1,5 gramas de teobromina) por seres humanos tem sido associada à sudorese, tremor e dor de cabeça”.

Em termos da toxicologia, a dose letal mediana (DL50 ou LD50, do inglês Lethal Dose) é a dose necessária de uma dada substância ou tipo de radiação para matar 50% de uma população em teste. Normalmente, o cálculo é feito a partir dos miligramas da substância por quilograma de massa corporal dos indivíduos testados. O DL50 é usado frequentemente como um indicador da toxicidade aguda de uma substância, e quanto maior a dose que será letal, menos tóxica ela é considerada.

No caso da teobromina, a DL50 é cerca de 1000 mg/kg em humanos. Em gatos é de 200 mg/kg, e em cães é de 300 mg/kg, o que significa que estas duas espécies possuem maior risco. Apesar, dos gatos correrem mais perigo, são os cães os animais mais propensos a ingerir doces. É claro que esse risco varia conforme o tamanho, forma e raça do animal.

Outro dado importante, é que a teobromina concentra-se mais nos chocolates escuros do que naqueles classificados “ao leite” e “branco”. Os efeitos do chocolate escuro para os caninos são agudos, o que indica alta periculosidade.

Foi comprovado que os efeitos da teobromina pode ser clinicamente útil, em pequenas quantidades, pois favorece o aumento da frequência cardíaca, dilata os vasos sanguíneos reduzindo a pressão arterial. Abre as vias aéreas e estimula a produção de urina, considerado assim, um diurético. Tais efeitos em uma pessoa são considerados positivos, se utilizados em um tratamento clínico.

Entretanto, em um cão, todos esses efeitos são adicionados à náusea aguda, convulsões e hemorragia interna. E, em muitos casos, letal para o animal.

Vimos que a teobromina faz mal aos cachorros, e em excesso nos humanos também pode ser perigoso. Mas, calma, nem tudo está perdido. Há um estudo que comprova que o chocolate, consumido com moderação, é claro, pode fazer bem ao coração humano.

Chocolate na prevenção de doenças cardíacas e derrames

De acordo com uma pesquisa feita na Alemanha, o chocolate pode ser bom para o coração, para a grande felicidade dos amantes desse “manjar dos deuses”. O estudo levou oito anos para ser concluído, e a equipe de pesquisa acompanhou a saúde de quase 20.000 pessoas que mantêm o hábito de comer essa guloseima. Os pesquisadores compararam a quantidade de chocolate composta na dieta para o número de ataques cardíacos e derrames que as pessoas tinham. Segundo o pesquisador Brian Buijsse: “A boa notícia é que o chocolate não é tão mau como se costumava pensar, e pode até reduzir o risco de doenças cardíacas e derrame”.

Ainda de acordo com o pesquisador, a equipe descobriu que o chocolate escuro era o tipo mais saudável para comer: “o chocolate escuro apresenta efeitos fantásticos, já o chocolate ao leite apresenta menos, e o chocolate branco não possui efeitos”, disse ele.

O estudo alemão revelou que as pessoas que comiam chocolate (em barra, e uma por semana), reduziam o risco de ter um ataque cardíaco em 27%. O risco de sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) foi reduzido em até 48%. Os especialistas em nutrição acreditam que o que faz bem ao coração são os flavonoides compostos no chocolate.

Flavonoides ou bioflavonoides é a designação dada a um grande grupo de metabólitos secundários da classe dos polifenóis, componentes de baixo peso molecular, e que são encontrados em várias espécies vegetais. Os diferentes tipos de flavonoides são encontrados em frutas, flores e vegetais em geral, bem como em alimentos processados como vinho e chá.

Os flavonoides são encontrados nas sementes de cacau, por isso o chocolate escuro tem mais efeito, pois possui mais cacau. O chocolate ao leite, por sua vez, tem mais gordura do que cacau.

chocolate negro

A pesquisa também mostrou que esses flavonoides presentes no chocolate também ajudam na redução da pressão arterial (mesmo efeito produzido pela teobromina). Entretanto, Buijsse alerta quanto ao consumo excessivo de chocolate: “Comer quantidades elevadas de chocolate mais contribuem para um provável ganho de peso que qualquer outra coisa. O ideal seria que as pessoas começassem a comer chocolate em pequenas quantidades substituindo, de preferência, outros alimentos de alto teor calórico como lanches ou outros tipos de doce”.

Qual é a conclusão que podemos tirar disso? Primeiro, não dê chocolate aos cães. A teobromina contida nesse doce faz mal a eles, e, além disso, existem inúmeros alimentos nutritivos e incrivelmente saborosos que farão a alegria de seus mascotes.

Segundo, o chocolate possui pontos positivos e negativos pautados em pesquisas feitas em laboratório, que mostram que você não precisa cortar o chocolate radicalmente da sua vida, mas também não deve cometer o erro de comê-lo aos montes. O excesso é prejudicial em qualquer aspecto, e isso não é segredo para ninguém.
Share on twitter Share on facebook Share on email More Sharing Services

Fonte: Wired Foto: Reprodução / mixville.ru / shokolad.odessa.ua

Indicações e Benefícios da Ventosa Terapia.

Postado em Atualizado em

MEDICINA CHINESA 033
O tratamento 100% alivia problemas de reumatismo, nevralgias, aumenta o nível de cálcio do sangue, ativa secreção hormonal, acelera digestão, acalma o nervosismo e auxilia contra o stress, eliminação de dores, tensões e contraturas musculares, melhora o aspecto de cicatrizes cirúrgicas, fortalecimento dos vasos sanguineos, controla a pressão arterial, arteriosclerose, bronquite, enfisema, asma, febre, tosse, gripes e resfriados, alergias, furúnculos e intoxicações, comprometimentos da circulação, cansaço, formigamentos, dormências nos membros superiores e inferiores, dores de cabeça e ondas de calor, trocas gasosas, regula o pH sanguineo, intoxicação por substâncias químicas, remédios, gases e elimina todas as toxinas.
A ventosa pode ser aplicada por cima da agulha, puncionada na pele, ao mesmo tempo, aumentando o valor terapêutico uma da outra.

Na estética a ventosaterapia é muito utilizada como na redução de celulite e gordura localizada, através de ativação da circulação sanguínea e linfática, reduzindo a retenção de líquidos no organismo feminino.

Contra Indicações e Efeitos: O método não apresenta efeito colateral, mas é contra-indicado em caso de suspeitas de hemorragias de qualquer natureza, gestantes acima de sete meses, em pacientes com dermatites, psoríase, micoses, cortes e ferimentos recentes, insuficiência cardíaca de hipertensão do fogo, quadros viróticos e osteoporose severa.

Cada sessão de ventosaterapia dura cerca de 40 minutos e pode deixar hematomas, que desaparecem naturalmente em poucos dias.

Efeito Colateral: A ventosa é excelente para tratar doenças de origens crônicas, isso porque se uma pessoa possui o metabolismo relativamente baixo, por exemplo, ela pode ter como causa um fator sanguíneo de excesso de acidez ou alcalinidade, e esse tratamento contribui eficientemente para que ocorra uma mudança na qualidade do sangue do indivíduo.

Trata-se de um processo normal se ocorrer dos problemas parecerem piores após o tratamento, devido uma mudança da patologia que se transforma da fase crônica para aguda.

Por isso deve-se fazer uma orientação prrévia para o paciente não se assustar com a situação apresentada, mas o local atado melhora efetivamente, acabando com o desequilíbrio em questão e as condiçõs de saúde do indivíduo ficam ótimas.

Precauções Importantes:
Tem que  ter cuidado ao aplicar as ventosas em mulheres grávidas e pacientes cardíacos. Deve-se levar em consideração o quadro clínico.

Mulheres que se encontrem no período menstrual podem fazer ventosa de maneira suave.

Para que o tratamento de ventosa seja bem sucedido é necessário orientar o paciente para que ele, em parceria com o tratamento, controle da alimentação, beba bastante água, visando auxiliar na fabricação de sangue com qualidade.

A ventosa associada com a acupuntura, moxabustão, alimentação natural, ou qualquer outra terapia favorece ainda mais o tratamento.

MEDICINA CHINESA 003

Uma aplicação não deve ser realizada muito distante da outra para não se perder o efeito do tratamento.

E não é necessário esperar desaparecer por completo a reação( hematomas) do primeiro tratamento.

A quantidade normal para uma aplicação é tratar uma vez ao dia, mas isso depende da situação do paciente.

Para pacientes sem restrições, caso o objetivo seja um tratamento que vise apenas a manutenção da saúde, de deve-se então efetuar umaaplicação a cada 15 ou 30 dias.

Acupuntura e acupressão.

Postado em

MERIDINO BEXIGA
O corpo tem 14 centros de energia imaginários, também chamados de “meridianos”. Cada um é ligado a um determinado órgão do corpo. A energia flui continuamente ao longo desses meridianos, mas se há um bloqueio em qualquer um desses pontos, resulta em doença.

Quando se aproximar de um terapeuta com a sua queixa, ele vai avaliar o problema e localizar o bloqueio.
Ele “incidirá sobre a liberação da energia centros congestionados pela aplicação da pressão de contato, criando um fluxo de energia harmonizada” para restaurar sua saúde.

Essa terapia é baseada no princípio de que o nosso corpo é uma massa de nervos e veias cruzadas, assim como em qualquer placa de circuitos elétricos, são altamente interconectados. E, a quantidade de pressão aplicada em uma parte particular vai revelar o seu efeito em outra.

Origens:
Acupuntura e acupressão são disciplinas inter-relacionadas que têm suas raízes na antiga medicina chinesa. Existem muitas lendas que tentam explicar suas origens. Existe uma lenda que diz que, quase 3.000 anos atrás, os guerreiros chineses depararam com a terapia, muito pelo acidente, já que estavam feridos no campo de batalha, perfurados por flechas. Quando se recuperaram, a maioria dos soldados alegou que eles experimentaram alívio pela primeira vez de uma doença crônica.

Acupuntura envolve o uso de agulhas esterilizadas. Os furos são feitos ao longo dos meridianos, com base nos princípios da filosofia oriental, que o corpo é um rio que flui enorme e cheio de energia, ou QI prana. Se o QI é perturbado, em qualquer ponto, não haveria bloqueio. Este acabaria por resultar em doença.

Os furos no corpo são feitos ao longo das áreas em que o bloqueio ocorreu para liberar o atolamento, resultando no livre fluxo de energia da vida, mais uma vez. A acupressão acredita-se, foi inicialmente desenvolvida pelos budistas na China. Eles acreditavam profundamente e propuseram a teoria da não-cura, alternativa invasiva.

No início de 1990, no auge do pânico da AIDS, as pessoas começaram a ter uma aversão coletiva de agulhas. Terapeutas redescobriram uma alternativa mais suave – a acupressão – que envolveu apenas a aplicação do toque medido. Ela foi encontrada para ser tão eficaz na promoção da cura sem efeitos colaterais.

Dicas para acupressão

O QUE DIZ A CIÊNCIA OCIDENTAL:
Quando o assunto é Qi e meridianos, os cientistas ocidentais preferem encontrar outras explicações médicas mais aceitáveis para o fenômeno representado pela acupressão e acupuntura. Eles preferem associá-lo a componentes químicos aliviadores da dor, como as endorfinas, e também à “teoria da porta de controle” para o alívio da dor.

De forma simples, de acordo com esta teoria, mensagens de pressão transmitidas pelos nervos alcançam o cérebro mais rápido do que as mensagens de dor. Uma vez que o cérebro, só consegue receber certo número de mensagens de cada vez, a “porta” se fecha quando os sinais de dor chegam.

É como se a pressão estimulasse fibras nervosas que sobem através da coluna vertebral, resultando em última instância na produção de endorfinas, morfina – compostos similares que influenciam os sistemas hormonal e imunológico, e inibem a percepção do cérebro, especialmente quando associados à ansiedade e estresse.

Mas, por que, por exemplo, o estímulo de certos pontos específicos, e não de outros, desencadeia certas respostas do cérebro? E de que forma estas repostas induzem uma reação em outra parte do corpo, aparentemente sem relação alguma com a primeira? Se os agentes neuroquímicos são os responsáveis, quais os canais através dos quais eles operam? Nem o sistema nervoso, e nem os sistemas vascular ou linfático, conseguem esclarecer completamente este fluxo de informação.

Será que existe um padrão de energia – possivelmente eletromagnético – baseado nesses antigos meridianos chineses – tão sutil, que a tecnologia moderna ainda não conseguiu detectar? Ninguém realmente sabe.

Os cientistas chegam a admitir claramente estarem na Idade da Pedra quando confrontados com explicações a respeito das complexas interações entre a mente e o corpo.
Em um estudo, traços radioativos, injetados em pontos da acupuntura, pareceram viajar através de caminhos semelhantes aos meridianos, sem nenhuma relação com os sistemas linfáticos, ou de circulação de sangue, e, de acordo a alguns pesquisadores, parecem indicar um mecanismo neuroquímico de transmissão da informação.

A acupuntura e a acupressão trabalham com os mesmos princípios:
A medicina moderna vê estritamente o corpo em partes e não como um todo integrado. É por isso que cada parte do corpo é tratada através de medicamentos específicos, em separado. Por exemplo, se você tiver dor de barriga ou dor de cabeça, e se dirigir ao seu médico, você está com toda a probabilidade de usar um medicamento que tem como alvo apenas os órgãos específicos do corpo que estão em perigo.

No entanto, sistemas alternativos de medicamentos, como acupuntura, têm mantido por muito tempo a idéia de que o corpo humano não pode ser alvo em pedaços e que uma doença que afeta uma parte da anatomia pode, de fato, ter sua fonte em outro lugar. Atacar o problema na sua raiz pode trazer uma cura duradoura. Acupressão é uma forma ideal de tratamento, uma vez que ela faz isso de uma forma muito suave.

A combinação com outras terapias:
A acupressão na Índia, é geralmente, combinada com Reiki e outros modos conhecidos de curas alternativas, incluindo a homeopatia. Em vez de pressão, em alguns casos, as sementes de trigo cores, ímãs, também são utilizados nos meridianos para remover o bloqueio do fluxo de energia.

A Yoga também pode ajudá-lo a tornar-se mais propício à terapia da acupressão. Um rápido passeio também vai facilitar a respiração profunda, pois acalma a mente, e libera a energia associada com a cura. Em momentos como este acupressão torna-se mais eficaz como a energia flui através de nossos corpos mais harmoniosa.

Muitas pessoas não percebem que doenças podem ser curadas através de um sistema simples de toque -, aplicando e liberando pressão nos pontos meridianos do corpo que são conhecidos por estar relacionado com a atividade dos vários órgãos.  A pressão aplicada envolve uma abordagem personalizada.
Uma teoria diz: Sinta-se e se entregue a pressão, correlacionando a resposta do paciente. Portanto, o melhor juiz da pressão correta seria os próprios pacientes. Este, na verdade, promove a autocura.

Embora a acupuntura e acupressão, sejam frequentemente descritas como autoterapias de cura, uma compreensão mais profunda do assunto é necessária antes de tentar curar a si mesmo e os outros.
Não use acupressão para substituir os procedimentos de emergência padrão, ou tratamento médico licenciado. A acupressão deve ser usada como uma terapia complementar. Verifique com um especialista antes de optar por tratamento.

De acordo com as restrições da OMS, não execute acupressão / acupuntura imediatamente antes, ou no prazo de 20 minutos, após o exercício pesado, uma grande refeição, ou tomar banho. Selecione o seu terapeuta com cuidado. Enquanto a maioria dos terapeutas são médicos, muitos podem ser apenas treinados, ou especializados no tratamento, sem formação médica.

Acupressão na gravidez:

Terapeutas concordam que a acupuntura é uma bênção disfarçada para mulheres grávidas. Estima-se que 80 por cento de todas as mulheres grávidas sofrem de dores, ou velhos distúrbios fisiológicos que se manifestam antes e após a gravidez. Acupressão tem dado bons resultados no alívio do stress da gravidez, tornando assim os trimestres menos desconfortáveis.

A maioria dos ginecologistas e obstetras de todo o mundo, hoje recomendam a acupuntura como uma das mais seguras formas de terapia. De acordo com informações divulgadas pela OMS, “A acupuntura, regula a função intestinal e melhora a resposta imune sem causar um desequilíbrio da flora intestinal, assim como antibióticos”.

bemestar03.jpg.900x500_q85

Usando Acupressão:
Para estimular um ponto aplique uma pressão forte com:

As ilustrações e o texto dão a localização aproximada de um ponto. Explore a área com uma pressão profunda e vigorosa, até você sentir o ponto exato devido à dor aguda.
Começa com uma sacudida, depois de um instante se torna uma sensação dormente, ou um formigamento vindo do ponto. Você pode levar um susto na primeira vez, mas a sensibilidade diminui com a experiência. Quando encontrar o ponto, aplique a pressão de 15 a 30 segundos. Repita com o mesmo ponto, do outro lado do seu corpo. Você deve sentir alívio imediato. Você pode se sentir livre da tensão, com a drenagem do suor. Talvez você arrote ou solte gases. Às vezes, pontos nos lados opostos do corpo, responderão de formas diferentes.

Se os sintomas aumentarem, não use esse lado ou ponto. Se o primeiro ponto não funcionar, tente o próximo ponto, ou pontos, até você encontrar um que funcione. Pode haver mais de uma abordagem a seus sintomas, tal como ‘rins’ X ‘dor nas costas’. Quando encontrar um ponto que ajuda, trabalhe esse ponto. Se o alívio é temporário, reestimule o local. Algumas vezes a dor passa e retorna três ou quatro vezes, cada vez em menor intensidade. Seu objetivo é a harmonia interna, então, fique em um local silencioso, sente-se ou deite-se e relaxe. Evite música alta, exercícios, alimentos, drogas ou álcool enquanto estimula seus pontos de pressão.

Um Exemplo Clássico de Acupressao:

Sendo uma antiga técnica de cura, o do-in/acupressão ganhou imensa popularidade e aceitação em todo o mundo, proporcionando alívio nas diversas condições de saúde. É frequentemente considerado como uma variação da técnica de acupuntura, pois se baseia nos mesmos princípios. A acupressão e a acupuntura trabalham, estimulando determinados pontos de pressão específicos localizados em diferentes regiões do corpo. A estimulação desses pontos de pressão é usada para melhorar a resposta do corpo a uma série de condições de saúde.

A única diferença entre ambos (do-in e acupuntura) é que, em acupuntura, os pontos são estimulados com a ajuda de agulhas, enquanto que na acupressão/Do-in, os dedos, cotovelos ou alguns dispositivos especiais, como bolas de acupressão e tapetes são utilizados para esta finalidade. De acordo com as antigas práticas chinesas de acupressão e acupuntura, há mais de mil pontos de pressão em nosso corpo, que estão localizados nos meridianos. Meridianos são linhas imaginárias, através das quais o fluxo de energia vital circula.

Qualquer obstrução a esse fluxo é associada com diferentes doenças. Assim, a estimulação dos pontos de acupuntura pode melhorar o fluxo de energia através dos meridianos, e assim fornecer alívio a diversas doenças, incluindo as dores de cabeça. A dor de cabeça pode ser um sintoma presente em numerosos problemas de saúde, e também, pode ser associada com a tensão, o stress e a fadiga.
O Do-in / Acupressura, pode proporcionar alívio significativo à dor de cabeça, estimulando determinados pontos específicos:

Estes são os pontos: VB20, IG 4 e F3.

O ponto VB20 está localizado na base do crânio. Na depressão que pode ser sentida, logo abaixo da base do crânio. A estimulação desse ponto pode aliviar a dor sentida na região das temporas, e nos lados da cabeça. Você pode aplicar pressão direta sobre este ponto com o dedo durante 2-3 minutos, ou massagear a área gentilmente. O ponto IG4 está localizado na depressão entre o polegar e o dedo indicador. Use o polegar da outra mão para pressionar este ponto por cerca de 2-3 minutos.

Em seguida, massageie suavemente a área com movimentos suaves em direção ao pulso, por mais 2 minutos. Este ponto pode ser muito eficaz também para dor de dente e sinusite.
É preciso também tomar cuidado para não estimular alguns pontos em determinadas condições. Como por exemplo, o IG4 não deve ser estimulados em mulheres grávidas. pois a estimulação deste ponto é conhecida por induzir as contrações uterinas em mulheres grávidas e, consequentemente, pode levar ao parto prematuro. O ponto F3 esta localizado no pé entre o dedão e o segundo dedo. A estimulação desse ponto pode aliviar a dor atrás dos olhos.
Além destes pontos, a pressão ou massagem suave nas têmporas e nos cantos internos das sobrancelhas também pode proporcionar alivio da dor. Outro ponto de pressão eficaz é aquele que pode ser encontrado na área situada entre ambas as sobrancelhas e a ponte do nariz. Você pode sentir uma ligeira depressão nessa área. Massageie este ponto pressionando para cima por cerca de 1-2 minutos. É aconselhável seguir a orientação de um profissional em acupuntura, para ajudá-lo a localizar os pontos, por primeira vez. Depois você ate pode se auto aplicar!
LEA MANSOUR
Gazeta de Beirute

Dor de cabeça na Medicina Tradicional Chinesa.

Postado em

o-que-pode-causar-dor-de-cabeca-1
A dor de cabeça é um sintoma subjetivo. Este capítulo trata a cefaleia enquanto sintoma predominante e não como consequência de outras causas como hipertensão. No entanto, os pontos usados neste capítulo podem ser usados para o tratamento da dor de cabeça independentemente de ser o sintoma predominante ou não.

Diagnóstico da dor de cabeça na medicina chinesa

Invasão de Vento-Frio
dor de cabeça que agrava com vento e frio, dor estende-se até à nuca e ombros, preferência por aplicações de calor local, pode ser fixa, aversão ao vento, aversão ao frio, ausência de sudação e sede, dor generalizada, pulso suave, língua com capa branca e fina.
dor de cabeça na medicina chinesa
Invasão de Vento-Calor
Dor de cabeça tipo distensão na cabeça, pode ser severa, aversão ao vento, aversão ao calor, preferência por aplicações locais de frio, febre, boca e garganta secas, tosse seca, face vermelha, língua vermelha com capa amarela, pulso rápido e flutuante.

Invasão de Vento-Humidade
Cefaleia, sensação de peso, agravamento com tempos húmidos ou chuvosos ou na presença de vento, fezes moles, alterações de apetite, astenia física, cefaleia agrava após esforço físico, língua pálida com capa branca pegajosa, pulso suave ou deslizante.

Plenitude Calor do Fígado
Cefaleia(1) que agrava com calor e estados de irritabilidade ou raiva, melhora com aplicações de frio, vertigens, insónia, cefaleia predominante nas têmporas, irritabilidade ou propensão para ataques de raiva, face vermelha, olhos vermelhos, sabor amargo na boca, garganta seca, sede, obstipação, urina escura, pulso cheio, em corda, língua vermelha com capa amarela.

Vazio de Qi
Cefaleia tipo moínha, preferência por aplicações locais de calor, melhora com pressão, tonturas, vertigens, astenia, anorexia, cefaleia agrava após esforço físico, fezes moles, pulso fraco e língua pálida com capa fina e branca.

Vazio de Sangue Fígado
Cefaleia mais localizada na zona supra orbital, melhora com pressão, agrava durante e após o período menstrual, agrava após hemorragias (pode aparecer enquanto consequência), palidez, membros frios, astenia física e agitação psíquica, palpitações, visão nublada, outras alterações de visão associadas a crises de cefaleia ou vice-versa, amenorreia ou período escasso, provável ausência de coágulos e sangue pálido, língua pálida com bordo pálidos com capa branca e fina, pulso suave em corda.

Humidade-Mucosidade
dor de cabeça acompanhada de tonturas, sensação de peso na cabeça, opressão torácica e dilatação abdominal, anorexia, náuseas, sensação de peso no corpo, edema, língua pálida ou normal com capa pegajosa e branca, pulso deslizante.

Estase de Sangue
dor de cabeça fixa tipo facada, agrava antes do período menstrual, insónia, sangue menstrual com coágulos, presença de massas, língua púrpura com varicosidades sub linguais, pulso em corda.

Deficiência do Rim
Cefaleia, dor surda, melhora de manhã e agrava com trabalho, zumbidos, vertigens, astenia física, fraqueza dos membros inferiores, lombalgia, alterações urinárias, língua pode apresentar-se normal, pulso profundo e fraco.

Acupuntura para dor de cabeça na medicina chinesa

Seleção de pontos para dor de cabeça na medicina chinesa de acordo com áreas afetadas:

13

Cefaleia frontal: 14VB, 2B, 8E, 4IG
14VB, 2B e 8E são pontos locais e 4IG é ponto distal. A região frontal é uma região Yang Ming e daí usar-se a combinação 8E e 4IG. Os pontos locais devem ser direccionados para a região dolorosa.
Ainda poderíamos recorrer aos pontos: 44E, 20VB (em especial se zona supraorbital se encontrasse afectada), YinTang, 23VG.

Cefaleia temporal: 8VB, TaiYang, 41VB, 5TA
8VB e TaiYang são pontos locais. 5TA e 41VB são pontos distais. Como a região temporal pertence ao nível Shao Yang usamos os pontos de abertura dos meridianos maravilhosos Dai Mai e Yang Wei Mai. Isto também nos permite desenvolver uma combinação base de pontos do mesmo par de meridianos e mesmos meridianos, locais e distais: 41VB, 5TA e 8VB.
Outros pontos a usar: 8E (direccionado para a zona dolorosa – este ponto é o ponto de intersecção do Estômago com a Vesícula Biliar e daí poder ser usado para tratar cefaleia ao longo do meridiano da VB, sendo, no entanto, mais usado ou em cefaleia frontal ou temporal), 20VB. Outros pontos distais ao longo do meridiano do TA também podem ser usados.

Cefaleia occipital: 20VB, 19VG, 16VG, 62B, 3ID,
20VB, 19VG, 16VG são pontos locais e 62B e 3ID são pontos distais. Uma vez que esta região pertence ao nível Tai Yang recorremos à combinação de pontos 3ID e 62B que são, respectivamente, pontos de abertura dos meridianos maravilhosos Du Mai e Yang Qiao Mai. O ponto 10B dá-nos hipótese de fazer uma combinação do mesmo nível com pontos do mesmo meridiano locais e distais. Consoante a localização mais especifica ao longo de toda a zona occipital e afecção ou não da nuca podemos recorrer a uma miríade de pontos locais.
Outros pontos a usar para dor de cabeça na medicina chinesa: 60B e outros pontos do meridiano da bexiga ao longo da perna são aconselhados para tratar problemas desta área.

Cefaleia parietal: 20VG, Sishencong, 6MC, 3F
20VG e Sishencong são pontos locais e 6MC e 3F são pontos distais. A zona parietal (vértice da cabeça incluído) pertencem ao nível Tay Yin. Como os meridianos do MC e F não tem pontos locais na cabeça é impossível fazer combinação de pontos locais e distais do mesmo meridiano.
Outros pontos a usar para dor de cabeça na medicina chinesa: pontos como o 1R e 2R estão aconselhados para cefaleia nesta região assim como o 60B.

Seleção de pontos de acordo com os padrões clinicos:

Invasão de Vento-Frio: 4IG, 7P, 12B, 16VG, 14VG, 20VB
Não é necessário recorrer a este protocolo extenso (em adição aos pontos acima mencionados). Este é só um conjunto de pontos distais e locais muito bons para o padrão clínico apresentado. Outros pontos como 23VG também podem ser usados. Muitas vezes a selecção destes pontos é mais dependente dos sintomas que compõem o padrão do que do quadro geral em si mesmo.

Invasão de Vento-Calor: 4IG, 5TA, 7P, 16VG, 14VG, 20VB
Com pequenas diferenças os pontos usados para os padrões de Vento-frio são os mesmos usados para os padrões de Vento-Calor. Consoante os sintomas de calor se manifestem com maior ou menor violência poderá dar-se mais atenção a pontos específicos para eliminar calor como os 2º pontos Shu.

Invasão de Vento-Humidade: 4IG, 40E, 8E
O 4IG elimina Vento. 40E elimina Mucosidades e 8E é um ponto local para eliminar Humidade na cabeça. 9BP, 6BP seriam outros pontos para eliminar Humidade e 7P, 20VB para eliminar Vento por exemplo.

Plenitude Calor do Fígado: 2F, 43VB, 20VB
Esta é uma combinação simples para eliminar calor recorrendo aos 2º pontos Shu e um ponto local que acalma o Yang do Fígado.

Subida de Yang do Fígado: 3F, 20VB, 6BP, 3R, 8F
A diferença destas 2 combinações é a seguinte: na PC Fígado recorre-se a pontos para eliminar Calor e na Subida de Yang do Fígado pretende-se acalmar o Yang (eliminar Calor) e tonificar o Yin. 6BP, 3R, 8F é uma combinação base para tonificação do Yin do Fígado.

Vazio de Qi: 20B, 36E, 2BP
Esta é uma combinação muito simples para a tonificação do Qi do BP (Jing adquirido). Pontos como 6BP, 3BP, 12VC, 21B poderiam estar incluídos. Se quiséssemos também poderíamos adicionar os pontos 30E e 4BP.

Vazio de Qi e Sangue: 17B, 10BP, 36E, 12VC
17B e 10BP é uma combinação base para a tonificação do Sangue e 36E e 12VC é uma combinação para o Qi do BP. Uma vez que é através do Qi do BP que se forma o sangue é possível aparecer um quadro de Vazio de Qi que gera Vazio de Sangue. Nestes casos poderíamos ainda usar pontos de assentimento como 20B, 15B ou 18B consoante os órgãos mais envolvidos Para adicionar mais pontos para o Qi consultar o Vazio de Qi.

Vazio de Sangue do Fígado: 8F, 10BP, 36E
Esta combinação pode ser analisada em 2: 8F (ponto de tonificação do Fígado) e 10BP (ponto de tonificação do Sangue) para tonificar o Sangue do Fígado e 36E que tanto tonifica Sangue como Qi. Caso o Vazio de Sangue não estivesse associado a um Vazio de Qi mas sim a um Vazio de Yin poderíamos remover o ponto 36E e adicionar 6BP e 3R (uma combinação base para tonificar o Yin).

Humidade-Mucosidade: 9BP, 6BP, 40E
Esta é uma combinação base para eliminar Humidade (6BP e 9BP) e para Mucosidade (40E). Consoante os sintomas acompanhantes da cefaleia evidenciem um envolvimento do AS, AM ou AI poderemos recorrer aos pontos 17VC, 12VC e 6VC para cada aquecedor, assim como a outros pontos que actuem nos órgãos envolvidos.

Estase de Sangue: 17B, 10BP
Combinação base geral para mover o Sangue. Consoante variação sintomática outros pontos poderão ser adicionados.

Deficiência do Rim: 3R, 4VC, 4VG, 23B
Por deficiência do Rim entende-se um Vazio de Yin e Yang considerado por muito autores como Vazio de Qi. Daí recorrer-se à combinação 4VC e 3R. 4VC é ponto que tonifica directamente a energia Yuan e 3R é o ponto Fonte (Yuan) do Rim. O ponto 4VG tonifica o Yang e o ponto 23B fortalece o Rim.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Homem-dor-de-cabeca-hg

O reconhecimento do sintoma e da zona afectada é a base, e a parte mais importante no tratamento por acupunctura, de todo o tratamento. O reconhecimento do padrão clínico vem na sequência da nossa análise e é a partir desta análise que conseguimos seleccionar pontos para adicionar ao protocolo base. Qualquer princípio de tratamento deve tomar em consideração estes princípios.

Assim vamos supor que 3 pacientes apresentam cefaleia frontal. Neste caso seleccionaríamos os pontos: 14VB, 2B, 8E e 4IG independentemente do padrão clínico. No entanto, ao paciente A é diagnosticado um padrão de Vazio de Qi do Baço, ao segundo doente é diagnosticado um padrão de Humidade-Mucosidade e ao terceiro paciente um padrão de Vento-frio.

Os pontos a adicionar seriam, portanto:
Paciente A: 14VB, 2B, 8E, 4IG e 20B, 36E, 12VC por exemplo.
Paciente B: 14VB, 2B, 8E, 4IG e 9BP, 40E. O ponto 8E é um bom ponto para eliminar Humidade na cabeça mas já se encontra no protocolo base.
Paciente C: 14VB, 2B, 8E, 4IG e 7P, 23VG. O ponto 4IG usa-se em conjunto com o 7P (combinação de pontos Fonte-Conexão) mas o 4IG já se encontra no protocolo base (não vale de nada escreve-lo 2 vezes).

Se o paciente apresentar sintomas como rigidez na nuca ou outros sintomas que também afectem as vias respiratórias superiores, pontos como 16VG e 20VB também deveriam ser adicionados por exemplo.

BIBLIOGRAFIA

JUNYING, Geng; et ally; Selecionando os Pontos Certos de Acupunctura, Um Manual de Acupunctura; ed. ROCA, ISBN 85-7241-152-6; 1ª edição, São Paulo, 1996
YANFU, Zuo; et ally; Chinese Acupuncture and Moxibustion; Publishing House of Shangai University of Tradicional Chinese Medicine; ISBN 7-81010-667-8, 1ª edição, Shangai, 2002
YIN, Ganglin; ZHENGHUA, Liu; Advanced Modern Chinese Acupuncture Therapy; Ed. New World Press, ISBN 7-80005-558-2/R•046, 1ª edição, Beijing, 2000
ZHIXIAN, Long; et ally; Diagnostic of Tradicional Chinese Medicine; edited Beijing University of Tradicional Chinse Medicine, Academy Press, ISBN 7-5077-1271-0, 2ª edição, Beijing, 2002
ZHIXIAN, Long; et ally; Acupuncture & Moxibustion; edited by Beijing University of Traditional Chinese Medicine, Academy Press, ISBN 7-5077-1269-9, 1ª edição, Beijing, 1999

NOTAS DE FIM DE TEXTO